James Gunn foi demitido da Disney e de Guardiões da Galáxia por polêmicos tweets de mais de uma década, onde ele fazia piadas consideradas pedófilas e de evidente mal gosto.

Muita gente sabia que Gunn era assim e, mesmo assim, ele esteve envolvidos por anos em alguns filmes da Marvel. Mas a Disney optou pela demissão.

Agora, o ator Dave Bautista conseguiu o apoio de grande parte do elenco de Guardiões da Galáxia (Bautista, Chris Pratt, Bradley Cooper, Sean Gunn, Vin Diesel, Zoe Saldana, Pom Klementieff, Karen Gillian e Michael Rooker) para assinar a carta de apoio a Gunn, com os seguintes dizeres:

 

“Não vamos defender suas antigas piadas, mas sim a pessoa com quem trabalhamos tantos anos nos sets, e que mudou nossas vidas. Esperamos trabalhar com nosso amigo James.

James não será a última pessoa a ser julgada pela opinião pública, dada a divisão política desse país. Esperamos que, como sociedade, aprendamos com isso e pensemos duas vezes sobre o que queremos compartilhar e expressar.”

 

Isso coloca uma enorme pressão na Disney, já que a chegada de um novo diretor pode colocar em risco a atitude dos atores diante do filme, colocando fim a uma saga que deu muitos lucros para a Marvel.

Mas… será que James Gunn deve voltar?

 

Via @DaveBautista