jack-bauer-topo-24

Todo mundo que acompanha esse blog sabe o quanto eu gosto da série 24 Horas. E, se não sabe, fica sabendo agora. Enfim, a melhor série de ação da história tem o seu episódio #200 exibido hoje (16) nos Estados Unidos. É realmente difícil alcançar essa longevidade (apenas como exemplo: Grey’s Anatomy chegou ao episódio #200 nessa temporada), e esse post tem como objetivo fazer uma breve reflexão sobre o impacto que Jack Bauer possui na TV até hoje.

Para começar, desde o primeiro fim de 24 Horas, em 2010, os fãs, mesmo que de forma velada, já pediam pelo retorno da série. Ou ao menos esperavam por isso. Afinal de contas, os roteiristas entregaram um final aberto para o protagonista, e os planos de um filme sobre a série sempre foram ventilados desde então. Porém, por diferentes motivos, o filme não engrenou, e a melhor solução para todo mundo (incluindo a 20th Century Fox) era o retorno da série em uma temporada “event series”, ou minissérie (como consideramos de forma extra-oficial por aqui), no caso, 20: Live Another Day.

Apesar de não ser um campeão de audiência, 24: LAD (vamos simplificar, né?) consegue obter bons índices de audiência para a Fox. Quando não vence no seu horário, consegue obter as melhores audiências acumuladas via DVR entre as séries exibidas em seu horário. Com uma média de 5.72 milhões na primeira exibição (que, segundo a Fox, chega a dobrar com a audiência dos DVRs), a atual temporada da série mostra que foi sim um acerto o seu retorno, e que o investimento está se pagando. Ainda mais com a proximidade do final (sim, mais cinco episódios incluindo o de hoje, e acabou).

Sem falar que a distribuição internacional da franquia 24 Horas sempre foi muito rentável para a Fox. Os investimentos são altos, e ao que tudo indica, o retorno também. No Brasil, a série é exibida apenas 24 horas depois de sua exibição original nos EUA, o que mostra o comprometimento da Fox em fazer com que sua audiência fuja do Torrent e adote a série como sua em seu canal.

Mas… o que realmente fez com que 24 Horas voltasse ao ar (e alcançasse a marca de 200 episódios) foi, definitivamente, Jack Bauer.

Eleito recentemente pelo TVGuide.com o melhor herói da história da TV, Jack Bauer será eternamente lembrado como “O” personagem da primeira década do novo século da TV. Kiefer Sutherland basicamente não existe para muita gente, e uma das evidências claras disso é o fato de Touch não ter dado certo. Até porque o que todo mundo via era o Jack Bauer, e não o pai do menininho que não falava e interpretava os números.

Jack Bauer se tornou um personagem lendário por vários motivos. Não só por torturar pessoas, mas por levantar a questão que até hoje perdura: até onde você pode ir pelo cumprimento do dever? Mais: o que é certo e errado quando lidamos em uma situação limite, onde a vida de muitos está em jogo? Sim, pois Jack foi exposto ao limite em diversas situações, onde nós, de fora, até poderíamos dizer: “mas isso é desnecessário, certo?” Será? É difícil, amigo…

O que contribuiu para Jack Bauer dar certo na TV (e, por tabela, 24 Horas) é que ele apareceu no momento em que o norte-americano médio precisava “se vingar” em relação aos acontecimentos de 11 de setembro. A mecânica da série em tempo real ajudou bastante a atrair o telespectador, mas com um protagonista forte o suficiente para mostrar que o conceito poderia funcionar, 24 Horas não engrenaria.

Mais: um protagonista que efetivamente “carregasse a série nas costas”, centrando as principais questões levantadas pela trama, sendo o centro da narrativa, e o responsável pelos principais acontecimentos da série. Pouquíssimas vezes vimos um protagonista tão protagonista quanto Jack Bauer. E raras foram as vezes que um único personagem atraiu tanto a atenção do público, a ponto de se tornar um ícone de cultura pop de uma geração inteira de telespectadores.

Com tudo isso, 24 Horas chega ao episódio #200 mostrando que ainda funciona para a TV de 2014. Alguns dizem que 24: Live Another Day pode marcar a “aposentadoria” de Jack Bauer da série, e que Kate Morgan (Yvonne Strahovski) pode ser a nova protagonista da franquia. Vamos esperar para ver. Ainda faltam cinco episódios da atual temporada. Pelos números e pela projeção internacional, é possível que teremos mais uma temporada da série no ar.

Mas o mais importante é que veremos o relógio em contagem pela ducentésima vez. E esse é um momento histórico.