Velozes e Furiosos

Tem treta na TL de Velozes e Furiosos.

O nono filme da franquia foi adiado para 2020, para que o spin-off protagonizado por Dwayne Johnson e Jason Statham estreie em 2019. Até aí, beleza.

O problema começou durante as filmagens do oitavo filme. Tyrese Gibson acusou Johnson de colocar em perigo a unidade da “família” Fast & Furious, e que teriam oferecido à ele e Ludacris um próprio spin-off, que teria sido recusado pelo mesmo motivo.

Acusações de egoísmo rapidamente apareceram, até que Vin Diesel interferiu para tentar acalmar os ânimos, defendendo Johnson, algo que não surtiu o efeito desejado.

Depois, Johnson ofereceu publicamente aos seus colegas de elenco de franquia para participarem do filme onde ele e Stathan ser!ao protagonistas… mas deixou claro que Tyrese não era bem vindo.

A coisa só piorou quando Tyrese comentou que o seu último disco, Black Rose, era um dos melhores discos de R&B de todos os tempos… e Johnson não concordou com isso, chamando o mesmo de “o maior pedaço de m**** que ouvi na vida”, além de ofender claramente a mãe do músico/ator.

Na prática, um não perde a oportunidade de criticar o outro em público, e toda Hollywood sabe disso. Vale lembrar que Black Rose chegou ao mercado em 10 de julho de 2015, e essa briga deve ter começado durante as filmagens de Velozes e Furiosos 7, que chegou ao fim de suas filmagens no mesmo dia, mas um ano antes. Mas com algumas cenas regravadas em um período posterior.

 

 

O que está claro é que a rivalidade entre Gibson e Johnson chegou ao ponto que questionamos seriamente se os dois continuam na franquia. O segundo vai conseguir sua própria franquia com Stathan, o que justificaria sua saída de Fast & Furious, apesar dele mesmo confirmar a sua presença no nono filme da franquia.

Outra possibilidade é que a cabeça de Tyrese seja a sacrificada, apesar de algumas consequências surgirem dessa decisão: Ludacris sai também? Seu personagem só faz sentido no filme com o de Gibson.

Dito tudo isso, podemos dizer que o clima na família Velozes e Furiosos não é dos mais harmoniosos. Vale lembrar que ambientes de animosidade em Hollywood é algo considerado até normal, e que o entendimento é mesmo difícil quando temos tantos astros em um mesmo projeto.

Por outro lado, todos os envolvidos nessa treta sabem muito bem que a franquia Velozes e Furiosos é, nesse momento, uma das mais lucrativas do cinema em todo o planeta. E isso em tempos onde Hollywood está em profunda crise, com bilheterias que são um fracasso na maior parte do ano.

E, se tem uma coisa que Johnson e Tyrese tem em comum, apesar de todas as diferenças, é que os dois adoram ter números generosos em suas respectivas contas bancárias.

E o dinheiro pode salvar tudo. Mais uma vez.