O futuro da franquia Os Guardiões da Galáxia está, de forma oficial, seriamente ameaçado. O cenário, que já era incerto após a demissão de James Gunn do projeto, desandou de vez com os últimos acontecimentos.

Alan Horn recusou novamente devolver para James Gunn o posto de diretor de Os Guardiões da Galáxia Vol. 3 e, por conta disso (também), a Disney decidiu suspender (ou paralisar) a produção do filme.

De acordo com os diversos comentários das várias fontes norte-americanas, os membros da equipe encarregada pela pré-produção do filme (que deveria começar suas filmagens em janeiro ou fevereiro de 2019) foram despedidos.

Outra fonte afirma que a suspensão é temporária, ou até que Marvel e Disney encontrem um substituto para James Gunn. Isso tem toda a lógica, especialmente se levarmos em conta que a franquia Guardiões da Galáxia arrecadou nada menos que US$ 1.6 bilhão com dois filmes.

Muito dinheiro para a Disney deixar a franquia de lado.

 

 

Na verdade, entendo que tudo isso já poderia ter sido evitado. Começo a acreditar que, de fato, a Disney exagerou ao demitir Gunn por causa de piadas contadas em 2008. É claro que são piadas imbecis, e o mundo não aceita mais esse tipo de humor. Mas foram opiniões expressas em outro momento, e Gunn já pediu desculpas pelas opiniões expressas.

Além disso, a Disney poderia assumir o seu “mea culpa” em não investigar a fundo o passado do profissional que contratou, e até dar uma lição para o mundo de que podemos sim aprender com os erros e evoluir.

Agora, muito me admira a Disney, empresa do politicamente correto, agir dessa forma. Começa a perder a lógica de ser a empresa com valores familiares sólidos e consolidados para ser a empresa que age com hipocrisia e sob pressão de grandes grupos políticos.

A parte mais importante desse processo, ou seja, os fãs, não é ouvida. Ninguém quer ver James Gunn fora de Os Guardiões da Galáxia Vol. 3. E a Disney se esquece que são os fãs que pagam ingresso para ver os filmes da Marvel.

A conta não está fechando nesse caso, dona Disney.