O CEO da Disney, Bob Iger, confirmou que os produtos da franquia Star Wars terão um espaço maior de tempo entre os lançamentos.

Iger chegou a afirmar que “talvez foi um erro lançar tão rápido e de forma contínua algumas coisas” da saga criada por George Lucas. As declarações foram feitas em entrevista ao Hollywood Reporter, onde está confirmada a desaceleração de lançamentos dos projetos da franquia Star Wars.

As observações de Iger se tornaram mais evidentes em função da velocidade com que a Disney lançou Solo: Uma História Star Wars. Ele se culpa por ter lançado tudo muito rápido quando olhou para trás e constatou que tudo foi muito apressado, mas reforçou que isso não quer dizer que não teremos mais filmes com a franquia.

Aliás, a Disney não só ocupou bem a agenda com os projetos da franquia, como conta com gente muito boa nesses projetos. J.J. Abrams está envolvido no Episódio IX, enquanto que David Benioff e DB Weiss (criadores da série Game of Thrones) estão desenvolvendo suas próprias sagas.

Bob Iger confirmou que eles estão próximos do momento em que terão que tomar decisões sobre os projetos a serem executados depois de Episódio IX, mas promete que serão mais cuidadosos com o volume de lançamentos, o tempo em que esses projetos serão lançados, e o dinheiro que será investido nesses projetos.

Vale lembrar também que Jon Favreau (Homem de Ferro) está trabalhando em uma série live action de Star Wars, que o filme solo com Obi-Wan Kenobi ainda está em desenvolvimento, e que uma nova série de animação Star Wars Resistance está para estrear.

Resumindo: Bob Iger acordou.

Por mais que as pessoas gostem de Star Wars, a superexposição da marca estava prejudicando seriamente a franquia. Era legal a espera por novos filmes. Quando sabemos que todos os anos teremos um filme com esse universo, a expectativa se perde, e o interesse também.

 

Via Hollywood Reporter