Uma matéria do The Sun afirma que Danny Boyle abandonou a produção de James Bond 25 pelas “diferenças criativas” entre ele e seu time de produção contra os produtores do longa. Porém, fontes internas sugerem que as discussões irreconciliáveis envolviam a decisão de matar James Bond (Daniel Craig) no final do filme.

Tal decisão criativa se alinharia com o rumor de Idris Elba em assumir o personagem, e daria um aspecto inusitado à trama, se alinhando com o conceito de “reencarnação”, adotado na série britânica Doctor Who.

A ideia de Boyle era se despedir do ator de forma definitiva, emocional e dramática, para logo depois apresentar o novo ator encarregado de interpretar o personagem nos próximos filmes da franquia. O novo ator presumidamente seria Idris Elba, e o movimento aconteceria da mesma forma que normalmente é feito em Doctor Who, em uma espécie de “regeneração” do personagem, com um novo ator.

Aqui, a discussão foi forte. Um verdadeiro pandemônio teria acontecido, e o abandono à produção foi generalizado. A ideia de Danny Boyle foi rechaçada de imediato por Barbara Broccoli, produtora do filme e dona dos direitos do personagem James Bond.

 

 

Provavelmente jamais vamos descobrir os reais motivos para a desistência de Danny Boyle em dirigir James Bond 25, e tudo isso pode não passar de rumores e/ou teorias de conspiração sem fundamento. Mas seria uma forma interessante e, ao mesmo tempo, inusitada para justificar a mudança de etnia do personagem.

Por outro lado, é preciso lembrar que a franquia 007 está com os seus dois pés assentados como uma série de filmes de ação, de forma prioritária. Apresentar uma regeneração de um personagem (já que estamos falando do mesmo James Bond em um outro corpo) colocaria a história no segmento de ficção científica, e talvez a preocupação dos produtores está justamente nesse aspecto.

Barbara Broccoli já teria manifestado o desejo de ter um James Bond negro, mas talvez essa não é a melhor forma para realizar essa mudança. Um novo filme, com um reboot de tudo, tal e como foi feito com Daniel Craig no passado, é uma solução mais plausível para os propósitos da franquia e do personagem.

Mas… dificilmente vamos descobrir a verdade de tudo isso.

 

Via Daily Mail