The Big Bang Theory
Final de The Big Bang Theory (Foto: Divulgação)

* CONTÉM SPOILERS

  • Por Victor Hugo Morais

A CBS exibiu nesta quinta-feira (16) o último episódio de The Big Bang Theory, série que chegou ao fim após vitoriosas 12 temporadas.

O final foi o melhor possível, nem o elevador, que passou mais de uma década parado, ficou sem desfecho. Surpreendentemente, Penny surgiu de dentro do local que finalmente passou por uma manutenção e passou a funcionar.

Mas essa cena hilária não bastou. O elevador ainda foi utilizado com Sheldon e seus amigos colocando “quinhentas” bagagens ali. Ou seja, já que está funcionando, vamos abusar…

E as malas eram para irem receber o Prêmio Nobel. Nervosa, Amy não estava satisfeita com sua aparência e Raj a ajudou a surgir maravilhosa, surpreendendo a todos, menos Sheldon, que parecia estar apegado ao visual antigo da esposa.

E temos final com criança? Temos. Durante o voo, Sheldon tem mais um ataque de egoísmo achando que Penny vai estragar a viagem deles deixando todo mundo doente, por estar passando muito mal. Então ela e Leonard contam que estão esperando um bebê, e o grosseiro se diz aliviado pois não vai pegar doença alguma.

Quando parecia que The Big Bang Theory terminaria com os inseparáveis amigos rompidos, eis que Penny e Leonard ponderam em favor de Amy e vão assistir à entrega do prêmio. É quando nosso protagonista tem um inesperado momento fofo e resolve se desculpar, afinal, apesar de não parecer, mesmo ao seu jeito os considera e, portanto, agradeceu pela contribuição que deram para que ele e Amy pudessem chegar no ápice de suas carreiras.

“Eu tive tenho um longo e autocentrado discurso, mas vou deixá-lo de lado. Essa honra não pertence só a mim. Eu não estaria aqui se não fossem algumas pessoas muito importantes na minha vida (…) Eu fui encorajado, sustentado, inspirado e tive a tolerância não só da minha esposa, mas deste grupo de amigos, o melhor que alguém já teve. Eu peço desculpas se não fui o amigo que vocês merecem, mas quero que saibam que, do meu jeito, eu amo todos vocês”, falou.

Foi emocionante, necessário e marcante. Assim como a mãe de Leonard deixando seu lado durona de lado, tirando os óculos e abraçando o filho após duras críticas, seguidas de um perdão.

Por fim, uma linda cena dos sete reunidos na sala de Leonard, como incontáveis vezes aconteceu. Descontraídos, com a trilha sonora da série ao fundo. Ou seja, com a sensação de que chegou ao fim, mas não acabou.

Esses incríveis personagens continuarão vivos em nossa memória. Ou em uma outra oportunidade, caso The Big Bang seja retomada, como aconteceu com diversas outras séries. Por ora, deixa saudade.

Bazzinga!!!!!!!!

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui