Para a surpresa de muitos (e alegria de outros tantos), a Netflix anunciou deu sinal verde para uma nova série live-action de Cowboy Bebop, uma das séries de animação mais populares de todos os tempos. Ou pelo menos é popular com o pessoal da minha geração, que viu a série original na Locomotion.

Poucos detalhes foram compartilhados sobre o projeto, mas ao menos sabemos que a primeira temporada terá dez episódios e será baseado na série de animação original de 1998.

Esta série live-action é uma co-produção da Netflix com a Tomorrow Studios, e é importante enfatizar que no projeto estão envolvidos showrunners importantes como Andre Nemec e Josh Applebaum (Mission Impossible: Ghost Protocol), Jeff Pinker (Fringe) e Scott Rosenberg (Knightfall).

 

 

Cowboy Bebop é baseada na animação da Sunrise Inc. que virou fenômeno global, e mostra uma equipe de caçadores de recompensas que tentam fugir do seu passado enquanto caçam os criminosos mais perigosos sistema solar. Eles até salvariam o mundo… pelo preço justo.

Chrisopther Yost (Thor: The Dark World e Thor: Ragnarok) é o responsável pelo roteiro do primeiro episódio, e Shinichiro Watanabe – diretor do anime original – será o consultor e supervisor do projeto.

A leva de anúncios de projetos focados nas séries de animação foi uma espécie de presente de Natal antecipado da Netflix para um nicho de usuários que eles detectaram como importantes dentro da plataforma. E para uma empresa que precisa ter assinantes, atrair esse público é uma manobra inteligente.

Acho que eu nunca vi as animações baseadas em animes serem tão valorizadas por um único serviço de mídia e/ou entretenimento. A última vez que eu vi algo desse tipo foi com o já citado Locomotion.

 

 

Então, a Netflix continua a reforçar os seus investimentos nos fãs de anime, especialmente depois de anunciar produções como Ultraman, Neon Genesis Evangelion, Saint Seiya: Cavaleiros do Zodíaco e 7 Seeds.