O anúncio da renovação de Lethal Weapon para uma terceira temporada e a saída de Clayne Crawford do elenco da série não foram notícias empolgantes o suficiente. Agora, sabemos que o outro protagonista, Damon Wayans, vai abandonar a série em dezembro.

O que acontece?

Em recente entrevista, o ator confirmou sua intenção em deixar a série depois dos 13 episódios encomendados para a terceira temporada. E motivos para Wayans deixar o projeto não faltam.

Primeiro, ele alegou motivos familiares: tanto sua mãe como sua filha foram operadas recentemente, e ele quer passar mais tempo com a família.

Além disso, argumentou que a sua condição de saúde está interferindo no seu trabalho. Wayans é um ator de 58 anos, com diagnóstico de diabetes, que trabalha 16 horas por dia.

A combinação desses fatores resulta em um quadro pesado demais para o ator, que quer acompanhar a vida da sua família de forma mais próxima.

Bom, o sinal vermelho na Fox em relação à Lethal Weapon está mais que ligado. De acordo como o Deadline, vários telefonemas e reuniões estão acontecendo para conter os danos. Vale lembrar que Wayans tem um contrato com a Fox que é válido por seis anos, e que tudo indica que ele já está negociando essa rescisão contratual.

Independente de qualquer coisa, é uma grande baixa para Lethal Weapon, que passa a perder todo o sentido de sua existência. Por outro lado, a ausência de Riggs (Crawford, que foi demitido depois de tumultuar o ambiente) não repercutiu negativamente na audiência.

Por outro lado, Damon Wayans se distanciou muito das ações promocionais da terceira temporada da série, e foi por causa dele que a Fox aprovou o remake televisivo de Lethal Weapon.

Diante de todos os fatos apresentados, e do cenário de caos que se apresenta aos nossos olhos, a pergunta que abre e fecha esse post é inevitável: com a saída de Damon Wayans, é o fim de Lethal Weapon?