Star Wars

Colin Trevorrow abandonou a direção de Star Wars: Episódio IX. Os rumores de sua saída existiam a algum tempo, e ganhou força com a chegada de Jack Thorne para reescrever o roteiro do filme.

O fracasso de The Book of Henry pode ter feito a Lucasfilm não querer arriscar demais no filme. Logo, a mesma regra adotada com Phil Lord e Chris Miller no spinoff de Han Solo foi adotada aqui: cortar o mal pela raiz o quanto antes.

Em comunicado, a decisão teria sido de comum acordo entre as partes, e o argumento foi o mesmo da decisão antes tomada em Han Solo: divergências criativas.

Vale a pena lembrar que a inesperada morte de Carrie Fisher forçou o replanejamento do roteiro do zero, o que fez com que as visões de Trevorrow e Lucasfilm divergissem nas novas escolhas.

Além disso, Rian Johnson, diretor de Os Últimos Jedi, confirmou que não havia um verdadeiro plano por trás da trilogia, o que reforça tal possibilidade.

 

 

Também não podemos descartar a hipótese da Lucasfilm e da Disney não estarem satisfeitos com o seu trabalho. Na época de Jurassic Park, a escolha parecia boa. Mas as coisas mudam. Lembrando que Josh Trank ficou de fora de um dos spinoffs depois de todos os erros cometidos no último filme de Quarteto Fantástico.

Agora, resta saber quem será o seu substituto, ou se o filme sofrerá algum atraso na sua estreia, prevista para 24 de maio de 2019. Será que teremos uma opção conservadora como a de Ron Howard? Vão trazer de volta J.J. Abrams ou Rian Johnson? Ou teremos uma escolha surpreendente?

 

Via Slash Film