Hoje, 14 de maio, começa a 72a edição do Festival de Cannes, o mais tradicional e de maior prestígio na temporada, apesar da Netflix ficar de fora do evento nos últimos dois anos. Todos os grandes cineastas querem estar lá para apresentar os seus últimos trabalhos. Por isso, nesse post, vamos mostrar os filmes mais esperados que serão projetados no evento. Lembrando que o vencedor da Palma de Ouro será revelado em 25 de maio.

 

 

The Dead Don’t Die

 

Novo filme de Jim Jarmusch, que explora o subgênero dos zumbis. Tem um elenco com nomes de peso como Bill Murray, Adam Driver, Tilda Swinton, Chloë Sevigny, Danny Glover, Steve Buscemi e Tom Waits, entre outros. É o filme que abre o Festival de Cannes 2019.

 

 

 

Sorry We Missed You

 

O veterano Ken Loach volta para Croisette três anos depois de vencer a sua segunda Palma de Ouro. Seu novo drama gira em torno das dificuldades econômicas de um matrimônio na Londres atual.

 

 

Rocketman

 

Filme biografia de Elton John, e um dos filmes mais chamativos de Cannes 2019, mesmo fora da disputa pela Palma de Ouro. O trabalho de Dexter Fletcher aqui será pleno, entregando o protagonismo para um ascendente Taron Egerton. O filme é descrito como uma “fantasia real” e “uma história humana sem censura”.

 

 

 

A Hidden Life

 

O agora prolífico Terrence Malick tem um novo trabalho, baseado na história real de Franz Jägerstätter, que se declarou objetor da consciência diante do regime nazista, o que o levou a ser sentenciado à morte. Promete ser a volta para uma narrativa mais tradicional por parte do diretor, que se arrependeu de filmar sem roteiros depois de tentar a própria sorte com obras mais experimentais. Venceu a Palma de Ouro em 2011.

 

 

 

Too Old To Die Young

 

Nicolas Winding Refn volta para Cannes depois de despertar paixão e ódio com The Neon Demon há três anos. O festival vai apresentar os dois primeiros episódios de uma das séries mais esperadas de 2019. Um drama criminal que conta com Miles Teller liderando o elenco.

 

 

 

Le jeune Ahmed

 

Jean-Pierre e Luc Dardenne voltam para Cannes com uma história que pode causar muita polêmica: um adolescente belga que, depois de se transformar em um extremista islâmico, deve decidir se comete ou não um assassinato. A dupla tem duas Palmas de Ouro.

 

 

 

 

Era Uma Vez em Hollywood

 

A estreia mais esperada do Festival de Cannes 2019. Na teoria, é o penúltimo filme da carreira de Quentin Tarantino (se ele cumprir a promessa de se aposentar depois de 10 filmes dirigidos), e é a sua obra mais pessoal até agora. O longa tem um elenco estelar liderado por Leonardo DiCaprio, Brad Pitt, Margott Robbie e Al Pacino, entre outros. Lembrando que Tarantino já recebeu uma (polêmica) Palma de Ouro em 1994 por Pulp Fiction.

 

 

 

Parasite

 

O último filme de Bong Joon-ho, diretor o longa Okja para a Netflix (apresentado em Cannes no último ano em que as produções da plataforma competiam para a Palma de Ouro). Ele promete um thriller sobre duas famílias, uma rica e outra pobre, conectadas por um misterioso incidente. Muita gente espera pelas surpresas que o diretor sul-coreano preparou para o público.

 

 

 

 

Dor e Glória

 

Para encerrar, o meu favorito máximo à Palma de Ouro 2019. Pedro Almodóvar apresenta o seu trabalho mais pessoal, quase realizando uma confissão pública de seus erros, traumas, decepções e medos, materializado em um Antonio Banderas que pode realizar a grande atuação de sua carreira. Pode até não levar o grande prêmio em Cannes, mas é um dos favoritos a receber indicações ao Oscar 2020 desde já.

 

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui