The Walking Dead não para de perder audiência, mas o AMC não quer largar o osso da série, que vai para a sua décima temporada. E isso mostra que o fenômeno zumbi ainda não acabou, de modo que a Netflix quer a sua The Walking Dead em Black Summer.

Não estamos diante de apenas mais uma série sobre zumbis. Black Summer é uma criação da The Asylum (Z Nation), com produção de de David Michael Latt, que cancelou a sexta temporada da série zumbi no Syfy para centrar esforços no novo projeto.

A nova série será um prequel, e é ambientada no mesmo universo de Z Nation, mostrando como foram os primeiros dias do apocalipse zumbi e como as cidades entraram no cenário de caos.

 

 

Z Nation começa no quarto ano do apocalipse zumbi, enquanto que Black Summer começa três meses depois do início da infecção. E as similaridades entre as duas séries acabam no fato das duas pertencerem no mesmo universo. Tudo será visto a partir do ponto de vista dos personagens: não saberemos nada que eles não saibam, e a dinâmica criada para a narrativa é muito cinematográfica.

O trailer mostra melhor um pouco do contexto da nova série. Protagonizada por Jaime King, Black Summer mostra como Rose se separa de sua filha quando a horda de zumbis aparece, o que a obriga a integrar em um grupo de desconhecidos para encontrá-la sem morrer na tentativa, durante a expansão dos zumbis.

A nova série quer recuperar a velha fórmula de contar histórias envolvendo zumbis, apesar dos mortos vivos não contarem com uma aparência tão descompensada como a que testemunhamos em The Walking Dead. A primeira temporada de Black Summer estreia na Netflix em 11 de abril, e é composta de oito episódios.

E eu realmente não sei se vou abraçar essa proposta. Mas ao menos o piloto eu vou assistir.