bingo

Bingo – O Rei das Manhãs, filme dirigido por Daniel Rezende, foi o escolhido como o representante brasileiro a tentar uma vaga na categoria Melhor Filme Estrangeiro no Oscar 2018.

O Brasil não concorre ao Oscar nessa categoria desde 1998 (Central do Brasil). O anuncio da escolha de Bingo foi feto hoje (15), na Cinemateca Brasileira (ou Academia Brasileira de Cinema), em São Paulo.

A escolha desse ano foi feita por uma comissão formada por profissionais da Academia. Até o ano passado, era feita pela Secretaria do Audiovisual (SAv), mas a polêmica envolvendo a escolha de Pequeno Segredo no lugar de Aquarius como o representante brasileiro para o Oscar 2017 motivou a mudança.

Bingo – O Rei das Manhãs mostra a biografia do ator Arlindo Barreto, que interpretou o Palhaço Bozo na década de 1980 na TVS (hoje, SBT). Vladimir Britcha interpretou o papel principal, e o longa recebeu críticas muito positivas, inclusive por mim aqui no SpinOff.com.br.

Bingo desbancou longas como Gabriel e a Montanha, Como Nossos Pais, Real – O Plano Por Trás da História, Polícia Federal – A Lei é Para Todos, Elis e João, O Maestro. O longa também foi selecionado como o representante brasileiro no Prêmio Goya, o Oscar do cinema espanhol.