Sério mesmo que a Fox lançou um reality de cantores mascarados? E sério mesmo que esse programa está funcionando com a audiência norte-americana? Tá, isso para mim significa uma coisa: que não vai demorar muito para a Rede Globo importar o formato e adaptá-lo para um quadro no Domingão do Faustão.

Sim, pois The Masked Singer berra o programa do Faustão. E não é pelos melhores motivos. Enfim, vamos para os números de audiência para a noite de 9 de janeiro de 2019.

 

 

FOX

The Masked Singer (7.1 milhões/2.3) registrou quedas nos seus números de estreia (perdeu 24% e 23% respectivamente), mas nem por isso deixou de dominar a noite na demo (na audiência total, Chicago Med foi a vencedora da noite). Abrindo a noite do canal da raposa, 24 Hous to Hell and Back (3.5 milhões/1.1) perdeu 16% na geral e um décimo na demo do seu episódio de estreia de temporada.

 

CBS

Mais uma vez recebendo audiência de reprises de sitcoms, SEAL Team (5.5 milhões/0.8) perdeu audiência geral, mas ficou estável na demo. Criminal Minds (4.5 milhões/0.8) ganhou um décimo na demo.

 

ABC

Com Survivor e Empire fora do ar, The Goldbergs (5.1 milhões/1.3) voltou ganhando dois décimos na demo. Schooled (4.8 milhões/1.3) entregou os melhores números do canal no horário em quase um ano (quem ocupava esse horário antes era American Housewife). Já Modern Family (4.8 milhões/1.3) e Single Parents (3.1 milhões/0.8) perderam um décimo cada, enquanto que Match Game (2.6 milhões/0.6) ficou abaixo da média da sua predecessora no horário, A Million Little Things.

 

NBC

Chicago Med (8.6 milhões/1.3), além de registrar a vitória da noite com a maior audiência geral, ganhou um décimo na demo. Além disso, essa é a maior audiência geral da série desde março de 2018, além de conseguir empatar a maior demo da atual temporada.

Chicago Fire (8.1 milhões/1.3) voltou para a grade de programação do canal ganhando um décimo na demo, enquanto que Chicago P.D. (6.9 milhões/1.0) perdeu um décimo.