ABC

Station 19 (5.4 milhões/1.0) voltou estável com a média registrada durante a fall season. For the People (3.2 milhões/0.6) retornou com a sua segunda maior audiência geral até agora, e repetiu a sua média na demo. Na audiência total, ficou estável em comparação com a maior audiência de sua predecessora na última temporada, How to Get Away With Murder. Por fim, Grey’s Anatomy (6.6 milhões/1.5) perdeu um décimo.

É curioso ver Station 19 ganhando força na audiência, ao mesmo tempo que é curioso ver Grey’s Anatomy dando sinais de desgaste, mas ainda mantendo bons números de audiência.

 

FOX

Gotham (2.11 milhões/0.6) registrou a sua menor audiência geral histórica, mas ficou estável na demo. The Orville (2.9 milhões/0.6) registrou a sua segunda menor audiência geral histórica, e perdeu dois décimos na demo, repetindo a sua pior demo histórica.

Não acho que The Orville esteja ameaçada de cancelamento, mas o TVLine colocou a série na bolha do cancelamento. Vamos aguardar.

 

CW

Supernatural (1.3 milhão/0.4) e Legacies (852 mil/0.2) perderam um décimo cada.

Ainda insisto que Legacies não vai longe. Sinceramente, precisa apresentar um pouco mais, pois os números para a CW ainda são baixos.

 

NBC

Superstore (3.1 milhões/0.8) ganhou um décimo. A.P. Bio (1.9 milhão/0.5) iniciou a sua segunda temporada registrando queda em comparação com a média da temporada anterior e o seu season finale. Brooklyn Nine-Nine (2 milhões/0.6) perdeu um décimo, e Will & Grace (2.6 milhões/0.7) ganhou um décimo.

Lembrando que Superstore foi renovada nessa semana para a quinta temporada, e que Brooklyn Nine-Nine também está renovada.

 

CBS

The Big Bang Theory (12.8 milhões/2.1) e Mom (8.4 milhões/1.2) perderam um décimo. Young Sheldon (11.5 milhões/1.7) e SWAT (5.6 milhões/0.9) ficaram estáveis. E Fam (5.7 milhões/0.9) ganhou um décimo.

Perde um décimo para séries campeões de audiência não é uma tragédia. E a estabilidade da CBS nesse dia da semana é tão consolidada, que as variações de números tendem a ser relativamente pequenas.