A Netflix implementou mudanças na segunda temporada de 13 Reasons Why, para aumentar o alcance social da série junto à sua audiência, especialmente com o público-alvo: os adolescentes e seus pais.

Dados do Centro de Desenvolvimento Mediático e Humano da Universidade de Northwestern ajudaram a Netflix nesse objetivo. É um estudo global que revela dados interessantes sobre o comportamento dos adolescentes e seus problemas mais sérios.

71% dos adolescentes e jovens adultos já se viram representados por 13 Reasons Why, e 3/4 deles afirmam que a série ajudou a processar temas difíceis. 75% dos entrevistados se viram tão impactados pela série, que pediram desculpas para alguém por causa da forma como tratou aquela pessoa.

Os pais se mostraram satisfeitos porque leva ao seus filhos temas importantes, mas era preciso que a trama apresentasse mais informações. A Netflix anotou tal observação, e decidiram que, pelo menos por enquanto:

– Os personagens da série vão quebrar a quarta parede para comentar diferentes formas de ajuda. Também teremos uma introdução personalizada com o elenco no início de cada temporada.

– O site 13ReasonsWhy.info vai receber mais informações, como um guia para pais e filhos alcançarem conversas mais fáceis sobre os temas mais difíceis.

– A segunda temporada da série contará com um programa complementar, onde o elenco, especialistas e docentes vão debater a fundo os temas propostos nos episódios.

É uma iniciativa louvável por parte da Netflix, pese ao fato de não deixar de ser uma manobra de marketing para que sigam falando da série, além de transformá-la em uma obra alvo de boas críticas de todos.