O ano de 2018 está chegando ao fim, e você sabe o que isso significa: as listas de melhores e piores do ano.

Para começar, os 10 melhores dramas de um ano que se destaca pela grande qualidade de produções nos canais abertos, à cabo e streaming, e apesar da lista poder gerar polêmicas pelos eventuais esquecimentos, é inegável que ao menos temos aqui 10 dos dramas mais importantes da temporada.

Detalhe: pelo menos 50% das séries mais aclamadas de 2017 (Stranger Things, Game of Thrones, Halt and Catch Fire, Big Little Lies e The Leftovers) simplesmente não estavam elegíveis para essa honraria em 2018, o que abre espaço para o novo, algo que é sempre bom.

Lista a seguir.

 

 

10. SORRY FOR YOUR LOSS

 

 

De forma bem silenciosa, o Facebook Watch ofereceu a interessante história de uma jovem viúva (Elizabeth Olsen) em uma história de auto-afirmação extremamente emocional, na melhor pegada This Is Us, com um humor surpreendente e genuinamente orgânica. Mostra as dolorosas verdades de uma mulher imperfeita que lentamente conecta as peças que vão trazer a sua vida de volta ao eixo.

 

 

9. MY BRILLIANT FRIEND

 

 

A adaptação da HBO da obra de Elena Ferrante oferece um olhar brutal na complexa e longa amizade entre duas mulheres. A série se passa em uma Naples da década de 50, quando Lenù Grego e Lila Cerullo mostram como duas mulheres estão condicionadas ao que podem ou não podem fazer em uma sociedade extremamente conservadora.

 

 

8. SUCCESSION

 

 

O drama da HBO tem um efeito de bola de neve simplesmente fantástico. Mostra o melodrama familiar combinado com a sátira do império da mídia. O elenco é forte, com nomes como Jeremy Strong (sem trocadilhos), Kendall Roy, Matthew Macfadyen e Brian Cox, este último como o magnata Murdochiano. Está com segunda temporada garantida.

 

 

7. THE GOOD FIGHT

 

 

O spin-off de The Good Wife ficou ainda melhor na segunda temporada, criando vida própria em uma história que, agora sim, está completamente independente. O risco criativo tomado por Robert e Michelle King ao abordar a extremamente incendiária vida política dos EUA pagou riscos e dividendos. É um ótimo entretenimento com um discurso bem crítico à Donald Trump.

 

 

6. POSE

 

 

Quase dá para esquecer do que a palavra IMPORTANTE quer dizer, até que uma série do FX mostra isso para todos nós. O poderoso drama baseado nas experiências reais da comunidade LGBT de Nova York dos anos 80 não apenas coloca os holofotes para um grupo que pouquíssimas vezes foi tão bem representado na televisão, mas também entrega convicção e autenticidade, com o maior elenco transgênero da história da televisão. Pose deixa uma mensagem muito forte e positiva sobre temas como amor e aceitação.