O escândalo sexual envolvendo o produtor Harvey Weinstein levou a Apple a desistir de Elvis, uma das quatro séries encomendadas para a sua plataforma, baseada em quatro grandes personalidades da música (as outras são Micheal Jackson, Prince e Frank Sinatra).

A série, que teria entre oito e dez episódios, seria produzida pela Weinstein Company, e seria baseada no livro de Dave Marsh, contando a trajetória pessoal e artística do cantor, da infância pobre até o estrelato.

O projeto foi anunciado em setembro de 2016. Os herdeiros de Elvis permitiram que os produtores tivessem acesso a todo o catálogo da obra de Presley, sua mansão em Graceland e até carros e figurino. Priscilla Presley atuaria como produtora, ao lado de Jerry Schilling, David Glasser e Harvey Weinstein.

Esse era o projeto que estava mais próximo de entrar em produção. Quem sabe um dia ele seja recuperado.

Já a Apple segue investindo pesado nas séries de TV, cortejando nomes de peso do setor, como Ryan Murphy e Vince Gilligan.