cast-of-american-horror-story-asylum

Com os ânimos mais acalmados (ou não, pois ainda não gravamos o podcast sobre esse assunto), vamos dissertar de forma preliminar sobre a lista dos principais indicados ao Emmy Awards 2013. Em uma premiação onde todo ano reclamamos que temos o “mais do mesmo”, a lista de 2013 apresenta poucas, mas significativas mudanças. Vejamos quem subiu, quem desceu, quem foi injustiçado ou superestimado entre os indicados desse ano.

Um primeiro destaque (não tão positivo assim) vai para a ausência das animações de Seth MacFarlane nas categorias de animação. Aliás, o criador de Family Guy vai permanecer na Fox apenas com essa série, uma vez que The Cleveland Show foi cancelada e American Dad foi cancelada na Fox, mas resgatada pelo TBS. Nesse ano, não foi indicada à premiação mais uma vez. Por outro lado, MacFarlane não deve estar muito preocupado, já que ganha rios de dinheiro no cinema, e trabalha no remake de The Flintstones.

Nos reality shows/competitons, um pouco mais do mesmo. Os programas mais badalados do momento receberam indicações, e talvez a grande novidade esteja entre os apresentadores do gênero. Anthony Bourdain recebeu a sua primeira indicação como host de relitys, e a dupla Heidi Klum e Tim Gunn receberam uma indicação combinada por Project Runway, algo que é justo, já que os dois são o grande destaque da atração.

A lista também confirma o sucesso de The Voice e o declínio de American Idol. A primeira foi indicada à melhor Reality Competition, enquanto que a segunda só está no Emmy 2013 por causa de Ryan Seacrest.

Antes que eu me esqueça: sim, Betty White está indicada, com o seu já cancelado Off Their Rockers.

Entre os programas de variedades, tudo como dantes na Terra de Cervantes. Os mesmos programas indicados no ano passado receberam indicações esse ano, e não podemos reclamar disso. Antes, eram apenas três indicados nessa categoria. Hoje, são seis. E são sempre os mesmos. E pelo visto, em 2014, serão os mesmos, uma vez que David Letterman não é mais indicado (faz tempo desde a última indicação), que Conan O’brien é esquecido na TBS, e que Jay Leno pode até se aposentar ao final da próxima temporada.

As categorias de minissérie ou telefilme confirmam que o sangue de Ryan Murphy tem poder. Com 17 indicações, American Horror Story: Asylum é a produção mais indicada aos prêmios de 2013, e larga como favorita para ser a mais premiada do ano. É claro que a competição está bem acirrada nesse aspecto, uma vez que a HBO vem mais uma vez muito forte com o ótimo telefilme Behind The Candelabra, e produções como Phil Spector e Political Animais contam com a preferência da crítica.

The Big C: Hereafter, que optou por ser uma minissérie também está representada em Laura Linney e John Benjamin Hickey, mas talvez tenha chances menores diante das demais. E Sherlock foi um tanto quanto esquecida esse ano, com a indicação de maior destaque ficando para Benedict Cumberbatch. Que mais uma vez tem suas chances diminuídas, uma vez que disputa a categoria de melhor ator em minissérie/telefilme com nomes como Al Pacino (Phil Spector), Matt Damon e Michael Doulgas (Behind The Candelabra).

Aliás, uma das categorias mais disputadas do Emmy 2013 é a de melhor atriz em minissérie ou telefilme. A briga fica aberta entre Laura Linney (The Big C: Hereafter), Jessica Lange (American Horror Story: Asylum), Helen Mirren (Phil Spector), Elisabeth Moss (Top of the Lake) e Sigourney Weaver (Political Animals). Deixando as preferências de lado, qualquer uma aqui pode vencer por algum bom motivo.

house-of-cards-lineup

Nas séries dramáticas, vemos produções como The Good Wife e Broadwalk Empire recebendo menos destaque. O motivo? Séries igualmente consagradas como Mad Men (muito elogiada pela crítica nessa temporada) e Breaking Bad (em sua temporada final) receberam mais indicações. Além disso, como eu já disse antes, pela primeira vez na história do Emmy Awards, as séries da internet foram indicadas. E, nesse aspecto, House of Cards conseguiu um bom volume de indicações em categorias importantes, como melhor série dramática, melhor ator (Kevin Spacey) e melhor atriz (Robin Wright).

Mas essa grande mudança não fez com que outras séries consagradas não fossem lembradas. Homeland recebeu indicações em todas as categorias principais (até mesmo na de melhor atriz coadjuvante de série dramática, com Morena Baccarin, que se torna a primeira brasileira a ser indicada ao Primetime Emmy Awards), assim como Game of Thrones, que foi novamente indicada a melhor série do ano.

Outra grande mudança em relação ao ano passado é a presença de Downton Abbey entre os indicados nas categorias de melhor série dramática, e não como minissérie, como foi em 2012. Resultado: indicações nas categorias de atores principais, e uma enorme chance de Maggie Smith vencer como atriz coadjuvante de drama.

Bates Motel também está lá com Vera Farmiga, assim como The Newsroom, com Jeff Daniels e Nashville, com Connie Britton. Mas a maior surpresa foi ver duas indicações para Scandal, provando que Shonda Rhimes é mesmo muito bem vista em Hollywood.

30-rock-season-7-1

Por fim, as comédias. O Emmy Awards 2013 é o último que 30 Rock pode ser indicado. Então, por que não fazer da comédia mais premiada dos últimos 10 anos a mais indicada ao Emmy Awards? São 13 indicações para Tina Fey e sua turma, e mesmo não sendo a favorita nos bolões, tem tudo para ser uma das mais premiadas da noite.

Na briga direta com 30 Rock, temos Modern Family com suas 12 indicações. É mais cotada para vencer nas principais categorias onde disputa algum prêmio (série de comédia, ator e atriz coadjuvante), e diferente dos últimos anos, tem um forte ponto para requerer a condição de favorita: a quarta temporada da comédia da ABC foi a melhor desde a primeira.

Diferente do que foi feito nas categorias de drama, o Emmy Awards 2013 pouco prestigiou o retorno de Arrested Development na Netflix. Apenas Jason Bateman foi indicado nas categorias principais (melhor ator de comédia). Aliás, essa categoria de “melhor ator em comédia” continua sendo a “mais do mesmo”, mas para pior, ao repetir a maioria dos indicados.

Comédias aclamadas pela crítica foram mais uma vez destacadas entre as indicações. Louie, Girls e Veep receberam indicações nas principais categorias, e acabam tendo boas chances se levarmos em consideração os elogios recebidos pelos especialistas em TV nos Estados Unidos. O único problema é a tendência na votação pender para o aspecto popular nas categorias de comédia, como acontece tradicionalmente.

Do mais, muito mais do mesmo. Séries “arroz de festa do Emmy”, como The Big Bang Theory e Nursie Jackie garantiram suas indicações e suas respectivas presenças na premiação.

Injustiçados? Bom, talvez Orphan Black e Tatiana Maslany, que foram ignoradas pela Academia, Sons of Anarchy, que não foi sequer lembrada esse ano… e acho que é isso.

Os indicados ao Emmy Awards 2013 não fugiram muito do que se era esperado. Talvez um absurdo aqui, outro ali… mas nada que fosse digno de xingar a mãe dos velhinhos da Academia por uma semana. Na segunda-feira, no SpinOff Podcast, falaremos mais sobre essa lista, abrindo o nosso coração para vocês (além de expressar toda a indignação reprimida; senão, não tem graça).