Adeus, Jack Sparrow?

É o que dizem lá fora.

É fato que a Disney planeja o reboot da franquia Piratas do Caribe. Afinal de contas, eles não são nem loucos em abandonar um pirata das moedas de ouro (eu sei, essa piada é péssima…) que rendeu até agora US$ 5 bilhões nas bilheterias de todo o mundo (na soma de todos os seus filmes).

Porém, uma das dúvidas mais gritantes sobre como esse reboot iria se conduzir começou a ser respondida. De acordo com as fontes internacionais, o ator Johnny Depp, protagonista da franquia como (até então) intérprete do personagem Jack Sparrow, está fora dos próximos filmes da saga.

A notícia padece de confirmação e, pelo menos no momento em que esse post é produzido, está com os dois pés na zona dos rumores. Mas são rumores tão fortes, que já são divulgados como certos por diversos veículos.

Não podemos dizer que fomos pegos de surpresa com essa notícia. Muito se falava sobre essa possibilidade, e os últimos acontecimentos até apontavam para isso. A começar pelos próprios incidentes da vida particular de Johnny Depp, que nesse momento não vive o seu melhor momento.

Ele foi duramente questionado sobre a sua presença em Animais Fantásticos e Os Crimes de Grindewlald, e até precisou ser defendido publicamente por J.K. Rowling para justificar a sua permanência no projeto e confirmar que estará no terceiro filme dessa saga.

Por outro lado, é inegável que a fórmula Jack Sparrow, que tanto dinheiro deu para a Disney, se desgastou. Não que Johnny Depp não seja mediático ou vendável. Foi o público que simplesmente se cansou de ver o ‘mais do mesmo’ do seu personagem, e espera por novas alternativas vindas do time criativo da Disney.

É uma decisão difícil. Renovar é preciso, mas… será que é realmente a hora de dizer adeus para Jack Sparrow? Será que não é um tiro no pé.

O tempo vai dizer.