lena-dunhan-girls

Eu não precisava lembrar disso, pois os leitores do SpinOff são muito inteligentes. Mas como preciso de um primeiro parágrafo para esse post, é preciso lembrar para a audiência que… vocês já perceberam que tem muita nudez na HBO, mas com a esmagadora maioria de nudez feminina? Pois é… pode surgir aí um grande problema para o canal.

Um artigo assinado por Sezin Koehler na The Society Pages afirma que séries como True Blood, Hung e Game of Thrones exploram por diversas oportunidades a nudez frontal feminina para “ilustrar” as motivações de personagens e as próprias tramas como um todo. Porém, o mesmo não acontece com a nudez frontal masculina, que não é tão vasta assim.

No artigo Koehler cita como primeiro exemplo a série True Blood, que conta com dezenas de exemplos de nudez frontal feminina ao longo de sua sexta temporada. E isso, tanto dos membros do elenco principal como dos coadjuvantes e extras. Em compensação, só aconteceram duas cenas de nu frontal masculino EM TODA A TEMPORADA. Em diversas oportunidades, apenas mulheres apareciam nuas nas cenas, mesmo que o argumento não fosse o sexo.

Em Game of Thrones então… a série tem momentos de soft porn, claramente voltado aos homens (talvez por isso tantos nerds punheteiros gostam da série). Koehler destaca que frequentemente as mulheres aparecem nuas na série, mesmo quando os seus parceiros sexuais na trama não estão em cena. Também destaca que, até agora, só teve uma cena de nu frontal masculino na produção. Até agora.

Mas o caso mais irônico é o de Hung. Só pra lembrar a premissa da série: Ray (Thomas Jane) é um professor de educação física, que faz muito sucesso com as mulheres por contar com um pênis muito acima da média dos demais homens. Ok… as parceiras sexuais de Ray aparecem o tempo todo nuas em cena. Mas… alguém já viu se o “pacote” de Ray é tudo isso que a premissa da série vende?

Ah, tá… você entendeu onde quero chegar.

Ou seja, mesmo quando a série fala de um órgão sexual masculino, ainda são as mulheres que se mostram por inteiro em cena.

No final do post, Koehler destaca que a nudez feminina não é apresentada nas séries da HBO como parte da trama, mas sim como uma clara forma de posicionar as mulheres como objetos sexuais, e não como seres humanos. Seria um problema “sistêmico”, onde os corpos das mulheres “existem par servir os homens dos diferentes mundos da séries da HBO”.

E você? O que acha de tudo isso? Deixe sua opinião (respeitosa, é claro) na área de comentários do blog.

Via