A série clássica não era lá grande coisa, mas valia para ver uma super heroína em trajes menores (caramba, parece até que é o Zuil que está escrevendo este post).Mas, enfim, parece que Wonder Woman vai voltar para a televisão. A Warner Bros. Television está desenvolvendo um reboot adaptado para os dias atuais da série baseada na personagem da DC Comics, e conta com, ninguém mais, ninguém menos que David E. Kelley (The Practice, Boston Public, Ally McBeal e Boston Legal) para produzir o projeto.

Essa notícia chega depois de quase uma década de tentativas da Warner Bros. e do produtor Joel Silver em lançar uma versão para o cinema de uma história baseada na Mulher Maravilha. Diversas atrizes foram especuladas para o papel da princesa amazona, como Angelina Jolie, Beyoncé e Megan Fox. Em 2005, a Warer Bros. chegou a anunciar que Joss Whedom seria o diretor do filme, mas Whedon disse que nunca esteve apto para terminar o filme, e dois anos depois, deixou o projeto, alegando divergências criativas com os executivos da Warner.

Mas, uma coisa é certa. A nova versão de Wonder Woman não terá vida fácil na TV. Lynda Carter está na memória de uma geração inteira de telespectadores, mesmo depois de mais de 30 anos da série ter sido cancelada (ela foi exibida de 1975 a 1979) e, desde então, os canais se esforçam para encontrar uma série com uma heroína que conquistasse o coração do público, sem sucesso. Podemos ver isso claramente em Herores, Bionic Woman e Dollhouse. As poucas que deram certo, não foram exatamente “heroínas”. Buffy era uma caça-vampiros, e Alias era uma espiã. Mas, vamos esperar para ver o que acontece.

Fonte