breaking-bad-desert

Foram cinco anos de metanfetaminas, mortes, traficantes violentos e segredos escondidos no deserto. E tudo isso aconteceu em Albuquerque, Novo México (EUA), cidade que a AMC escolheu para gravar a série Breaking Bad. Com a proximidade do fim da série, o interesse dos turistas em conhecer os locais onde aquela história foi contada só aumenta, o que está gerando lucros para os comerciantes locais.

As lojas e atrações turísticas da cidade tentam tirar vantagem com o momento mais popular da série. Até porque eles só tem mais sete episódios para lucrarem com isso. O centro de turismo local organizou uma festa no último domingo (11) para que moradores e visitantes pudessem assistir ao episódio de retorno da última temporada, e eles conseguiram reunir mais de 450 fãs de Breaking Bad no evento.

As lojas vendem todo e qualquer tipo de souvenirs sobre a série, e o frenesi é tão grande que a uma igreja católica organizou uma maratona dos episódios da série antes da última temporada retornar ao ar.

Os lojistas e comerciantes de Albuquerque estão achando tudo isso ótimo. A dona de uma doceria está vendendo os doces com a “crystal meth blue” (que já publicamos aqui no blog), e serviços de limousine oferecem city tours pelos locais onde cenas da série foram gravadas.

A vice-presidente do Albuquerque Convention & Visitors Bureau, Tania Armenta, afirma que a cidade se tornou um personagem à parte dentro da série, e os produtores de Breaking Bad fizeram questão de agradecer a cidade pela receptividade e paciência com eles ao longo de cinco anos, através de um grande outdoor, que diz: “Obrigado, Albuquerque. Nós temos uma grande química”. Um trocadilho bem oportuno.

Via