Thomas Gibson Criminal Minds

Em todo set de filmagens de séries e filmes o bicho pode pegar. Alguns egos são inflados demais, e entram em rota de colisão eventualmente. Mas na CBS parece que a coisa é sempre mais efervescente.

O anúncio da saída de Thomas Gibson do elenco de Criminal Minds (vindo de uma suspensão pelo mesmo incidente) não chega a ser um caso do tipo ‘Charlie Sheen surtado’ para a CBS. Mesmo assim, os envolvidos entraram na porrada. E aí o canal precisa se intervir.

Porrada… Porrada…

Explicando para quem não viu: por conta de divergências criativas, o ator Thomas Gibson teria perdido a paciência com o roteirista e co-produtor executivo Virgil Williams, a ponto do primeiro dar um chute na perna do segundo.

Em nenhum lugar do mundo civilizado uma agressão física é algo aceito. Inclusive no mundo da TV.

Sem falar que Gibson parece ter um histórico de causar problemas com os amiguinhos de Criminal Minds.

Logo, sua demissão da série resolve o problema rapidamente. E a CBS ainda pode usar o “efeito de gosto duvidoso” utilizado no reencontro entre Alicia e Kalinda em The Good Wife, para promover o adeus do seu personagem.

Ou melhor não. Quando o amiguinho não sabe se comportar, é melhor ficar de fora da brincadeira.