the walking dead

 

Com uma série que tem a manjada fórmula de entregar episódios propositalmente irregulares ao longo da temporada, é fácil compreender por que muita gente se focou na queda de audiência de The Walking Dead (AMC). Mas o fato é que a primeira metade da 7ª temporada ainda é uma campeã de audiência.

Em média (ao vivo + três dias de DVRs), a atual temporada do drama zumbi registrou uma audiência total de 16.1 milhões de telespectadores por episódio, com uma demo 18-49 anos de 8.3. É mais do que suficiente para liderar com facilidade o ranking das séries mais vistas do ano.

The Walking Dead ainda começa 2017 como a terceira série mais vista da televisão na geral, perdendo apenas para The Big Bang Theory e NCIS (ambas da CBS).

Mas os últimos oito episódios do drama também deixam claro que a série começa a dar sinais de cansaço. Mesmo com a alta porcentagem de audiência que opta em ver a série com um delay mostra quedas nos números.

O midseason finale exibido em 11 de dezembro registou quedas de audiência em relação ao mesmo episódio exibido em 2015. Depois de 3 dias de DVRs, a média do episodio ficou em 15.2 milhões na geral, e 7.5 na demo. Uma queda de 19% na demo em relação ao mesmo episódio do ano passado.

Antes mesmo do começo da atual temporada, The Walking Dead já estava com uma trajetória de declínio de audiência – assim como praticamente todas as séries de longa duração. Mas o que faz a sétima temporada perder números de forma tão dramática foi a alta audiência na sua estreia.

A atenção gerada no cliffhanger criado no final da sexta temporada deu para a série números próximos de um recorde. Mais de 17 milhões de telespectadores viram este episódio.

Por enquanto, The Walking Dead ainda está no topo em comparação com as demais séries, e o caminho da queda ao limbo ainda é longo antes de perder o status de campeão de audiência.