the walking dead

 

Assassino! Bom… mais ou menos…. O mais recente episódio de The Walking Dead (AMC) corrigiu um erro produzido no ano passado. Ou efetivamente matou quem estava morto há um ano.

E digo mais: parece que dessa vez foi mesmo. Porque você até pode voltar à vida quando é devorado por zumbis. Mas é muito difícil fazer o mesmo quando a sua cabeça é esmigalhada.

Sabe o que é o mais irônico?

Quando eu falo que quem morreu está morto há um ano, eu nem estou zoando vocês. É porque isso é basicamente uma verdade!

 

 

Recapitulando os acontecimentos em The Walking Dead

 

Quando The Walking Dead simulou a morte desse personagem, o episódio foi exibido nos Estados Unidos (e no Brasil, por tabela) em 25 de outubro de 2015. Tipo, por 48 horas não fecharam um ano desse acontecimento.

A verdade sobre a não morte foi revelada em 22 de novembro de 2015, fazendo muitos dos fãs da série de TV de grandes otários/trouxas.

Comentamos sobre esses eventos aqui no blog, e na época já falamos sobre a estratégia da série que, na falta do que inventar, “inovou” criando a volta dos que não foram.

Estratégias como essas me desanimaram, sinceramente.

Agora, parece que a pessoa pereceu de vez. Já disse: um golpe na cabeça da pessoa e de muita gente que estava vendo o episódio.

Mas a grande pergunta é: ele ainda era relevante na série? Ou só estava lá enchendo linguiça e gastando o dinheiro da AMC?

Seja como for, aqui jaz. Sentiremos falta? Não sei.

Eu mesmo não vou servir. Abandonei The Walking Dead há duas temporadas, e cada vez mais eu me convenço que esta foi uma sábia decisão.

 

P.S.: aprenderam como falar de uma morte relevante sem dar spoilers?