sony

Depois do relativo sucesso de Homem-Aranha: De Volta ao Lar, parece que a Sony gostou da parceria com a Marvel, e aposta tudo o que tem nos seus filmes com os super-heróis da editora para salvar o seu precário negócio.

Os mais recentes resultados financeiros da Sony deixaram preocupados os seus executivos, e Homem-Aranha: De Volta ao Lar ajudaram a interromper a sequência de quedas financeiras apresentadas desde o ano passado, mas ainda apresenta prejuízos nos seus números.

As receitas da Sony apresentaram um aumento de 282% em relação ao mesmo período do ano passado (US$ 722 milhões), com melhora nos lucros de 12,3%. porém no balanço final, ainda existe um prejuízo de US$ 86 milhões.

É uma melhora considerável, levando em conta que no ano passado os prejuízos eram de mais de US$ 100 milhões. Logo, o novo filme do Homem-Aranha salvou, e a Sony quer aproveitar alguns dos personagens da Marvel para mais filmes.

Porém (e aqui está o erro), a Sony não pretende repetir a parceria com a Marvel. Quer desenvolver filmes próprios com os personagens que já tem direitos, como é o caso do filme focado em Venom, protagonizado por Tom Hardy, que já está em produção.

Em outras palavras: a Sony quer fazer exatamente a mesma coisa que tentou (e falhou) no passado, quando quis usar o filme O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro como ponto de partida para o seu próprio universo expandido.

Estaria a Sony caminhando em círculos ou correndo atrás do próprio rabo?

Vocês decidem!

 

+info