Simon Cowell não dá ponto sem nó. Ele, a Fox e os produtores de The X-Factor estão em negociação com o Facebook, com o objetivo de desenvolver um sistema de votação online pela rede social para as fases finais da versão americana do reality show.

De acordo com o The Hollywood Reporter, as negociações estão no começo, e se isso acontecer, eles deixarão de lado o tradicional sistema de votação pelo telefone. Detalhes como segurança e autenticidade do sistema de votos online ainda estão sendo desenvolvidos, e outros detalhes técnicos e burocráticos podem não ficar prontos para a primeira temporada de The X-Factor, o que atrapalha um pouco a implantação dos istema. Porém, nos planos de Cowell, ele espera que o telespectador possa votar nos seus favoritos na página do Facebook ou em um aplicativo do The X-Factor para smartphones. O objetivo final é que a parceria do Facebook com o The X-Factor é que ela seja global, envolvendo todas as franquias do programa ao redor do mundo.

O acordo beneficia as duas partes. The X-Factor recebe uma clientela de mais de 550 milhões de usuários do Facebook, enquanto que o Facebook recebe a imensa popularidade que The X-Factor já possui. Por outro lado, há um conflito direto de interesses com o MySpace (que, como a Fox, pertence à News Corp), o que pode causar um desconforto para as negociações. A outra franquia musical da Fox, American Idol, aceitou pela primeira vez audições via MySpace, e planeja adicionar votações online para o seu programa. Cowell acredita que a melhor forma de massificar The X-Factor nos Estados Unidos é utilizar a votação online, entendendo que a maior parte da audiência do novo programa será composta pelo público jovem. No Reino Unido, 60% da audiência de The X-Factor está na faixa dos 15 aos 34 anos.

O programa tem previsão inicial de estrear nos Estados Unidos em setembro.

Fonte