greys-anatomy-meredith-de-luto

A morte de Derek Shepherd ainda dá o que falar – e, se você acha que isso é spoiler, saiba que Fabiano Costa só soube dessa morte na semana passada, ok? -. Para quem acompanhou a 11ª temporada de Grey’s Anatomy (ABC) até o final, sabe que depois da morte de McDreamy, a série sofreu um salto no tempo de 12 meses, para que Meredith Grey pudesse viver o luto e reconstruir sua vida.

Pois bem, Shonda Rhimes resolveu explicar ao TV Line por que esse salto no tempo aconteceu, privando o público de ver uma ‘espetacular atuação’ #ironic de Ellen Pompeo como uma viúva inconsolável. Será que o motivo para o salto no tempo seria justamente toda a ‘carga dramática’ #ironic que a atriz iria colocar na sua personagem?

Não. Nada disso.

A rainha soberana das noites de quinta-feira da ABC afirmou que “não podia imaginar um mundo onde Meredith poderia seguir em frente, falando e respirando, em apenas um mês – ou até mesmo em seis meses, depois de tudo o que aconteceu. Era necessário que o tempo passasse para ela, inclusive ficando em um lugar onde eu sentia que ela poderia ter uma conversa (com ela mesma)”.

Até aí, faz todo o sentido. As pessoas de luto realmente ficam fragilizadas, e dentro do universo de Grey’s Anatomy, Derek era o grande amor da vida de Meredith. Perder ele repentinamente é um dos golpes mais duros de sua vida, e ela tinha que se reconstruir para seguir em frente.

Ok.

Agora, começam as mentiras de Shondão.

Para ela, escrever e assistir a morte de Derek foi “incrivelmente doloroso”, e que ela não foi até as filmagens porque ela “iria ficar lá só chorando como uma idiota”. Para Shonda, a morte de Derek foi “brutal”.

PARA DE MENTIR, SHONDA RHIMES!

Essa mulher tem um histórico de vinganças disfarçadas de assassinatos em Grey’s Anatomy que chega a ser vergonhoso ela falando esse tipo de absurdos. Aliás, é algo que está bem claro para os mais observadores: quem sai de suas séries vai sair para nunca mais voltar. Exceto Isaiah Washington (que ela não queria que saísse, e voltou porque todo mundo esqueceu das m*rdas que ele falou) e Katherine Heigl (que Shondão decidiu dar um castigo pior que a morte: o ostracismo na carreira da moça #macumba), todos os demais que pediram para sair morreram. Apenas isso.

Logo, Shondão, esse papinho não me convence. Se estava chateada por perder Derek em sua série, era só não matar ele, e deixar a porta aberta para o personagem voltar no futuro. Simples. Pra quê a ‘solução coerente’ nesse caso? Quantas histórias de amor sinceras e verdadeiras já terminaram em divórcio?

Ah, você não sabe, Shondão? Então te dou dois exemplos: Gretchen e Fábio Jr.

De nada.