Game of Thrones

A sétima temporada de Game of Thrones (HBO) estreou com recordes de audiência. Porém, nos canais alternativos, os números são igualmente impressionantes.

Mais que esperado.

Game of Thrones sempre encabeçou as listas das séries mais pirateadas, muito acima inclusive da audiência “oficial” de The Walking Dead (AMC) e The Big Bang Theory (CBS). E a sétima temporada da série pode se tornar a mais pirateada da história, de acordo com a empresa especializada em vigilância da pirataria MUSO.

O primeiro episódio foi compartilhado 90 milhões de vezes em apenas três dias. A maior parte do tráfego foi gerado por serviços de streaming não autorizados, com o download de torrents representando menos de 10% do total.

Desses 90 milhões, apenas 8,3 milhões foram para P2P públicos, 5 milhões em downloads diretos e 500 mil em trackers privados. Os streamers não autorizados ficaram com a maior fatia, com 78 milhões. Esse é um recado claro para a indústria do entretenimento.

Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e Índia foram os países com maior atividade de compartilhamento da série. A China ficou de fora do estudo.

A busca por Game of Thrones não se torna maior apenas por ser a penúltima temporada da série, mas também porque a maior parte do que será exibido é constituído de material até então inédito para todos.

A sétima temporada de Game of Thrones é composta de sete episódios, assim como a oitava, que já está em produção.

 

+info