KERRY WASHINGTON

Diante da segunda gravidez da protagonista Kerry Washington, a ABC decidiu reduzir a encomenda de episódios da sexta temporada de Scandal.

A próxima temporada da série contará com apenas 16 dos 22 episódios encomendados. Esta era uma das opções consideradas pela ABC para conciliar a linha narrativa de Scandal com a rotina pessoal de Washington, uma vez que sua gravidez não será transferida/adaptada para Olivia Pope.

Outra opção da ABC era migrar Scandal da fall season (agosto/setembro) para a midseason (janeiro de 2017), e exibir os 16 episódios encomendados na sequência. Até o presente momento, o canal não comenta sobre o assunto, mas não será uma surpresa se isso acontecer.

Durante a primeira gravidez de Washington há dois anos, a ABC tomou uma decisão similar, reduzindo a encomenda de 22 para 18 episódios.

A decisão é minimamente razoável para todos os lados. Todo mundo tem direito a ter uma vida longe das câmeras, e é o que Kerry Washington está fazendo. Logo, esperamos que essa criança nasça saudável. Para a ABC, isso atende os interesses comerciais do canal, apesar de ainda existir uma indefinição sobre o melhor período para essa temporada estrear.

Para os roteiristas, ter uma temporada mais enxuta força automaticamente a reduzir as chances de Scandal ter episódios inúteis, ou que só servem para encher barriga. E por consequência disso, ganha o telespectador, que pode ter uma temporada mais coesa e bem trabalhada. Ultimamente as séries estão apostando em temporadas menores, e isso vem funcionado no resultado final das tramas apresentadas.

De novo: todos ganham com essa decisão da ABC.

Via TVLine