twin peaks

O CEO do Showtime, David Nevins, afirmou que não devemos ter uma segunda temporada do revival de Twin Peaks tão cedo.

Nevins revela que o canal e David Lynch evitaram falar sobre o assunto, e que eles desejam ver qual será a reação da audiência após o final da atual temporada. Por outro lado, não considera a hipótese como algo impossível.

O revival de Twin Peaks levou três anos para chegar ao ar, e ainda atrasou em um ano a sua estreia, prevista inicialmente para 2016. Sua estreia contou com modestos 619 mil telespectadores, crescendo depois para 804 mil. Porém, a maioria da audiência da série veio das plataformas alternativas.

Outro problema para uma nova temporada é o elevado investimento financeiro feito pelo Showtime, que já sabia que não seria um grande campeão de audiência, mesmo com uma grande relevância para o canal, a ponto de aumentar o número de assinantes do seu serviço de streaming.

Enquanto uma decisão sobre o futuro de Twin Peaks não é anunciada, Nevins afirma que Lynch está na França desde a estreia da temporada em maio, e as negociações não começam antes do final da atual temporada. O executivo dá a entender que, se uma nova temporada acontecer, terá mudanças no orçamento oferecido pelo Showtime.