emily-vancamp-madeleine-stowe-revenge-abc-season-4

Como os fãs de Revenge (ABC) bem sabem (e, se não sabem, não são fãs, porque… convenhamos: não viu o series finale da série até agora é porque não tá dando muita bola para isso…), no series finale da série, uma importante questão ficou no ar: Emily/Amanda só está viva porque ela agora tem o coração de Victoria Grayson batendo em seu peito?

Ok, hoje (18), a atriz Emily VanCamp decidiu responder essa questão. E a resposta dela foi no estilo Dallas de ser: “foi tudo um sonho, galera!”.

No episódio final da série, Charlotte (Christa B. Allen) é vista falando com um médico afirmando que Emily (VanCamp) nunca poderia imaginar que o coração de Victoria (Madeleine Stowe) seria usado no transplante de coração que salvaria a sua vida. Então, Emily acorda assustada e sem ar, aterrorizada com a possibilidade de a sua arqui-inimiga sempre ser parte dela, pelo resto de sua vida.

Depois da cena exibida, os fãs no Twitter questionaram se aquilo tudo foi mesmo um sonho. Uma semana depois de debates e especulações, VanCamp esclareceu o final na sua conta do Twitter, dizendo que Emily/Amanda não recebeu o coração de Victoria, e que a ideia era mesmo recorrer a um pesadelo que iria perseguir a protagonista para sempre.

O showrunner de Revenge, Sunil Nayar, disse ao Zap2it que a questão do sonho não era uma ‘resposta definitiva’. Então, mesmo que VanCamp afirme que tudo foi um sonho, sempre existe a possibilidade do mórbido plot twist ser verdadeiro. Afinal de contas, quem escreveu a bagaça foi Nayar. Logo, é ele quem dá a palavra final.

“Eu gosto da pergunta, e eu quero que a pergunta perdure para um debate – mesmo entre os roteiristas ou com o elenco -. Isso é inspirador, pois faz parte da natureza sombria do final dessa jornada”, disse Nayar. “Estou curioso para ver como as pessoas vão reagir, porque eu não quero colocar um final definitivo. Fato é que o debate está acontecendo, e isso é incrível, pois significa que as pessoas estão debatendo também qual é a importância que essas duas mulheres tinham uma para a outra”, concluiu o showrunner.

Via @EmilyVanCamp, Zap2it