survivor-season-26

Survivor | CBS | Reality Competition | Temporadas: 26 | Indicações: 06 (Melhor Fotografia para Reality Show, Melhor Direção de Programa de Não-Ficção – duas indicações, Melhor Edição Para Reality Show, Melhor Edição de Som Para Programa de Não Ficção – Single ou Multi-Câmera e Melhor Mixagem de Som Para Programa de Não-Ficção)

Survivor segue vivo e dando audiência para a CBS, mesmo após 26 temporadas. Por que? Porque as pessoas sempre querem saber como é possível reinventar a resposta para uma das perguntas mais cretinas já feitas na história da televisão: até onde um ser humano é capaz de descer para ganhar US$ 1 milhão.

Apesar de ser considerada uma fórmula batida por muitos, e por não contar com o apelo popular de decisão dos vencedores, Survivor se mantém em pé por alguns elementos muito bem acertados. Primeiro, o seu apresentador, Jeff Probst (que estranhamente não está indicado ao Emmys 2013, como melhor apresentador de reality), que também é produtor do programa. Jeff se envolve na trama dos perdidos a ponto de manipular as peças, aumentando assim a situação de conflito.

O segundo elemento está justamente no conceito “quanto pior, melhor”. A ideia aqui não é só colocar os participantes em condições extremas, mas também colocar várias situações que provoquem esse conflito.

O terceiro elemento é o carisma dos participantes. Ou a falta de carisma de alguns deles, dependendo do caso. Ter aquele candidato que é o bonitão bonzinho que todos gostam, o surtado, a maluca, a bitch, o underdog… diferente de programas como Big Brother (também exibido na CBS), os participantes de Survivor tem um objetivo prioritário e imediato: ganhar US$ 1 milhão a todo custo. Até porque alguns deles sabem que não vão posar pelados meses depois do programa terminar.

No Emmy Awards 2013, Survivor recebeu indicações importantes nas categorias técnicas, onde deve levar algumas porque é justamente onde o programa vai melhor. Porém, podemos considerar que a série foi uma das grandes injustiçadas da premiação desse ano. Talvez coubesse algumas indicações para as categorias principais (melhor reality competition e melhor apresentador de reality).

Mesmo assim, ainda estamos diante de um dos programas que ditam as regras no gênero. Garantido para, pelo menos, mais duas temporadas, deve ficar na grade da CBS por mais algum tempo. Afinal de contas, é um programa muito barato na sua produção, muito prático na sua gravação (apenas 39 dias, e meses para editar depois), e que mostra aquilo que muita gente quer ver. Sob vários aspectos.