wayward-pines-fox

Wayward Pines, a nova minissérie da Fox, tenta mais uma vez inserir um thriller investigativo recheado de mistério no canal. Depois de Gracepoint (adaptação de Broadchurch), que ficou na sua única temporada, o novo drama protagonizado por Matt Dillon aparenta (finalmente) ser um acerto na sua proposta. Bom, potencial para isso tem.

Dillon interpreta o agente Ethan Burke, do serviço secreto. Ele se desloca para a pequena cidade de Wayward Pines para investigar o desaparecimento de outros dois agentes, incluindo Kate Hewson, um ex-relacionamento amoroso de Ethan. O desaparecimento desses dois agentes já aconteceu sob circunstâncias jamais esclarecidas, e o caso em si nunca foi investigado como se devia. Logo, Ethan foi atrás de respostas.

Porém, só piora quando ele chega na cidade. Ele se envolve em um acidente de carro, onde o outro colega desaparece. Desconfia que o hospital onde ele está em atendimento quer o segurar mais tempo do que ele realmente precisa. Faz vários telefonemas para a sua esposa, e todos dão caixa postal. Ligar para o seu chefe? Uma grande perda de tempo: ele nunca está no escritório.

Até que Ethan se dá conta que ele está em uma realidade manipulada. Alguma merda muito grande está acontecendo, e todos os envolvidos não querem que ele saiba. Aliás, ele e a sua família não sabem o que está acontecendo. Todos os demais – incluindo o seu chefe no serviço secreto – estão cientes (total ou parcialmente) que tudo o que está acontecendo é parte de uma realidade alternativa, onde é quase impossível sair dali.

Aliás, Ethan até encontra Kate, que sabe que tudo aquilo é uma ‘prisão’, mas pouco pode fazer porque teme pela sua vida. E como fugir – ao que parece – não é uma opção…

WAYWARD PINES:  Based on a best-selling novel and brought to life by suspenseful storyteller M. Night Shyamalan (“The Sixth Sense”), WAYWARD PINES is an intense, mind-bending 10-episode thriller starring Academy Award nominee Matt Dillon (“Crash”) as a Secret Service agent on a mission to find two missing federal agents in the bucolic town of Wayward Pines, ID. Every step closer to the truth makes him question if he will ever get out of Wayward Pines alive.  WAYWARD PINES will join the schedule in 2015 on Fox.  Pictured L-R:  Juliette Lewis, Melisa Leo, Matt Dillon, Tim Griffin, Toby Jones, Terrence Howard, Shannyn Sossamon, Charlie Tahan, Reed Diamond and Carla Gugino. ©2014 Fox Broadcasting Co.  Cr:  Frank Ockenfels/FOX

Wayward Pines tem um bom piloto. Apresenta bem a proposta da série, tem um bom ritmo e é capaz de prender o telespectador com a principal pergunta da série: ‘que p**ra é essa que está acontecendo aqui?’. Os eventos que introduzem a história acontecem em uma sequência até um pouco desconexa, mas que no final das contas, mostram que não só Ethan está perdido no que está acontecendo ali, mas o próprio telespectador, que inevitavelmente fica intrigado com o cenário geral apresentado.

E a ideia de Wayward Pines é justamente essa: despertar a curiosidade em todos. Não se limitou a ser uma série investigativa, com o caso do dia e pronto. Promete oferecer no formato de minissérie uma sequência de eventos que podem efetivamente convergir não apenas para a solução do mistério da temporada, mas para algo muito maior. Uma grande conspiração (ah, como estava sentindo falta dessa palavra… conspiração… os ‘fã de série pira’ quando ouvem isso…).

Na parte de produção, Wayward Pines também não faz feio. A série é bem ambientada, em uma estética cinematográfica que enche os olhos. E mesmo nas atuações temos bons pontos positivos. Muita gente pode torcer o nariz para os nomes Matt Dillon e Terence Howard (sim… esse moço está em todas E nessa também, já que foi produzida antes de Empire), mas não temos aqui atuações ‘padrão Ricardo Macchi’, ou algo que comprometa a integridade da série.

Enfim, vale a pena ao menos conferir o piloto de Wayward Pines. Em perspectiva, consegue ser mais interessante que Gracepoint, mantendo o tema de thriller investigativo, mas abrindo para perspectivas que podem oferecer soluções surpreendentes para o telespectador. Vai me dizer que você não ficou intrigado para saber o que acontece naquela cidade maluca, como Ethan vai sair de lá, por que armaram isso tudo para ele…

Várias perguntas. E eu sei que vocês adoram perguntas, não é mesmo? #Lost