the-odd-couple

E temos Matthew Perry mais uma vez tentando se livrar da ‘maldição de Friends’. O novo projeto do moço responde pelo nome The Odd Couple, remake de uma sitcom da ABC que foi ao ar entre 1970 e 1975. Dessa vez, Perry está envolvido na produção executiva no projeto. Ou seja, se tudo der errado dessa vez, podemos dizer que a culpa TAMBÉM é dele.

A série mostra Perry como um radialista esportivo divorciado, com um comportamento relaxado e desleixado. Trabalha de casa, tem várias telas de TV com todos os canais esportivos, mas sua casa parece ter sido vítima de um tornado. Está feliz com a sua vida que alterna a falta completa de compromissos e responsabilidades e as suas vizinhas gostosas que levam as correspondências que ‘por engano’ acabam parando em outros apartamentos.

A vida dele começa a mudar quando o amigo certinho aparece na porta de sua casa dizendo que sua esposa lhe deu um chute no traseiro, por conta do seu comportamento almofadinha. Ele entende que a melhor coisa a fazer é procurar o amigo desleixado, pois ele certamente compreenderia a situação do recém divórcio. Mas pela pura falta do que fazer, ele resolve ‘ajudar’ o amigo radialista, tentando tornar o seu apartamento mais limpo e organizado.

Em um típico caso de ‘os opostos se atraem’, os dois entendem que precisam crescer juntos na vida. Um ainda sente falta da esposa, mas se largou tanto na vida que precisa colocar um ponto de reajuste do seu universo em particular. O outro foi deixado por fazer exatamente o contrário: é tão certinho, que não deixava espaço para ser uma pessoa espontânea e relaxada.

A série vai mostrar como os dois vão evoluir juntos, mesmo com personalidades e estilos de vida completamente diferentes.

odd-couple

O piloto de The Odd Couple é simpático. Perry volta para o seu habitat natural da sitcom, depois de tentar – e falhar miseravelmente – em séries com outros formatos (Studio 60 On The Sunset Strip, Mr. Sunshine, Go On), o que pode ajudar o seu trabalho na série. Timing para esse tipo de comédia ele tem, e a série é exibida pela CBS. Logo, você tem que ser muito ruim para conseguir cancelar algo no canal #1 de audiência nos EUA na primeira temporada (abraço, We Are Men).

Outro ponto a favor da série é o seu elenco, que tem nomes fortes. Além de Perry, Thomas Lennon, Yvette Nicole Brown, Dave Foley, Lauren Graham, Leslie Bibb, Regis Philbin e Geoff Stults estão presentes no elenco fixo e recorrente da série. E isso ajuda a atrair público, mesmo que seja apenas por conta da curiosidade (mórbida ou não).

O grande problema de The Odd Couple é que ela é uma comédia ‘comum’. Não há nada de especial na trama ou nos personagens, e até mesmo algumas piadas são forçadas, ou ‘sem sal’, para dizer o mínimo. Você precisa ter uma certa dose de boa vontade para concluir o piloto de 20 minutos, que é bem morno, mas sem chegar ao ponto de ‘porcaria completa’, como em outras comédias da temporada.

Entendo que tem muita gente com dois pés atrás em The Odd Couple, até mesmo por conta da urucubaca que acompanha Perry nos seus últimos projetos. E compreendo essas pessoas. Mas acho que vale a pena ver pelo menos o piloto, e tirar suas conclusões por si. Cada um tem uma percepção diferente sobre as comédias, e entendo que as opiniões serão as mais diversas sobre esse piloto.

Particularmente, eu gostaria que a série fosse um pouco mais engraçada. Espero que eles melhorem a qualidade das piadas. Senão, não é exagero prever mais um fracasso no currículo de Matthew Perry pós Friends. A única coisa que me impede de cravar tal previsão está no fato da série ser exibida pela CBS. E nesse canal, até galinhas chocando ovos em galinheiro dá audiência considerável.