the-magicians

Nem parece que é do Syfy! E não é mesmo!

The Magicians é mais uma série que é uma co-produção entre dois canais. Essa estratégia é adotada para reduzir custos de produção e aumentar as chances de sobrevivência de uma série. Nesse caso em específico, quem banca essa produção junto com o Syfy é o canal canadense Showcase, o que explica com certa facilidade por que este é o melhor piloto que o Syfy apresentou na vida, além de ser um piloto de uma série que cria uma nova categoria nas ironias televisivas: “uma série do Syfy que não é do Syfy”. Quem acompanha o SpinOff ao longo dos últimos anos entenderá rapidamente essa piadinha.

The Magicians conta a historia de uma escola de mágicos, a Brakebills College. Quentin Coldwater (Jason Ralph) é aceito para essa escola. Não apenas por conta do seu potencial, mas porque basicamente ele vai se descobrir como um dos responsáveis em impedir que o mundo como um todo se depare com uma grande ameaça. Afinal de contas, mágicos também podem acumular poderes, e alguns deles, enebriados pelo poder, podem utilizar suas habilidades para potenciais destrutivos.

Jason descobre isso quando entra efetivamente na Brakebills College. O seu livro preferido de infância é baseado em fatos reais, e traz informações relevantes e importantes sobre esse potencial destrutivo, sobre as ameaças que a Terra pode sofrer se esses poderes forem utilizados por mãos erradas. Sem falar nos eventos sinistros que ele testemunha dentro da escola, como professor acabando com a vida de outro professor diante dos alunos, algo que não se vê em qualquer escola, convenhamos. Para ajudá-lo na descoberta desses segredos ameaçadores, Jason conta com alguns de seus colegas de colégio incluindo Alice Quinn (Olivia Taylor Dudley), uma promissora mágica filha de uma linhagem de mágicos poderosos.

Paralelo a isso, a amiga de infância de Jason, Julia Wicker (Stella Maeve), foi recusada na Brakebills College. Ela também tem o seu potencial de mágica, mas por algum motivo não explicado ela não foi aceita pelo colégio. Porém, ela não ficará muito longe desse universo: um outro grupo até então desconhecido de todos já identificou os poderes de Julia, e está disposto a prepará-la para o que está por vir. Algo que, ao que tudo indica, é inevitável.

O destino deve colocar Jason e Julia em lados opostos, tal como todo dilema ético e existencial que se preze. Até esse dia chegar, vamos acompanhar o desenvolvimento dessa trama, a evolução desses personagens e como eles vão resolver esses conflitos.

Magicians_hero_101A

Está mais que na cara que o piloto de The Magicians foi totalmente produzido pelo Showcase. Todo mundo sabe que, se ficasse nas mãos  dos norte-americanos, a qualidade final do episódio seria bem diferente (Olympus está aí, e não me deixa mentir). Logo, podemos dizer que, querendo ou não, esse é o melhor piloto já exibido pelo canal Syfy. E não falo isso por bullying gratuito ao canal que eu tanto amo por apresentar Sharknado ao mundo. Falo porque é verdade.

O piloto de The Magicians é bom. Não é cansativo, é capaz de prender o telespectador (mesmo aqueles que não são tão interessados no assunto – meu caso), possui um bom roteiro, apresentando bem os personagens e as tramas principais, conta com personagens carismáticos e de fácil lembrança, e tecnicamente é um episódio com uma estética convincente.

Acho que foi um acerto do Syfy deixar tudo para o Showcase fazer, e aprovar o resultado final. Não que o canal não saiba como fazer. Sabe sim… mas pelo lado tosco. O Syfy se assumiu como canal da ficção científica tosca para as massas, sem medo de ser feliz, e amamos isso neles. Mas eles também entendem que precisam de conteúdos mais sérios e de qualidade, pois sua audiência está aumentando e, invariavelmente, amadurecendo. Acompanhar esse movimento é uma prova de que seus executivos contam com um timing muito bom, sendo capazes de oferecer entretenimento de diferentes níveis, dentro do mesmo segmento, agradando a todos.

Para quem gosta do assunto, ou para quem quer ver uma série que aparenta ser promissora sem maiores compromissos, The Magicians parece ser uma boa pedida. Pode até ser que a gente se engane depois, e que a história se degringole a ponto de se perder completamente. Mas pelo menos de início a série é sim promissora, e vale a pena ser conferida.

É o Syfy não sendo o Syfy. E acertando.