Da escritora e produtora executiva Veena Sud (“Cold Case”), “The Killing” é baseada no grande sucesso da televisão dinamarquesa “Forbrydelsen” e conta a história do assassinato de uma jovem em Seattle e sua investigação policial. A primeira temporada será composta por treze episódios de uma hora e vai ao ar aos domingos.

“The Killing” une três histórias diferentes em torno de um homicídio: os detetives designados para o caso, o luto familiar pela vítima e os suspeitos. Situada em Seattle, a história explora também a cena política da cidade, uma vez que segue os políticos ligados ao caso. No decorrer da série, fica claro que não há acidentes, todo mundo tem um segredo e enquanto os personagens pensam que mudaram, o passado não os mudou.


“The Killing” é estrelada por Mireille Enos (“Big Love”) como Sarah Linden, a detetive da divisão de homicídios que investiga a morte de Rosie Larsen (Katie Findlay, “Fringe”); Bill Campbell (“The 4400”) como Darren Richmond, Presidente do Conselho da Cidade de Seattle, e agora concorrendo ao cargo de prefeito; Joel Kinnaman (“Snabba Cash”) como Stephen Holder, um ex-agente antidrogas que se junta à divisão de homicídios para encontrar o assassino de Rosie; Michelle Forbes (“True Blood”) como Mitch Larsen, a mãe de Rosie; e Brent Sexton (“Justified”) como Stan Larsen, o pai de Rosie.

Apesar de toda lentidão em contar a história, o que agrada poucos e desagrada muitos, a série te prende a cada minuto de exibição. Você fica querendo saber sempre mais e mais. O clima sempre frio, chuvoso e escuro foram meticulosamente escolhidos, e acertadamente dão um tom sombrio a toda e qualquer cena. Vale a pena conferir!