angie-tribeca

Um “Corra Que a Polícia Vem Aí” versão mulherzinha? Nem tanto…

A TBS aposta em uma comédia policial nonsense para a sua grade de programação de séries “muito divertidas”. Angie Tribeca é uma série criada pelo casal Steve Carell e Nancy Walls Carell, e estreou nos Estados Unidos com uma peculiaridade: uma maratona de 25 horas onde todos os 10 episódios da primeira temporada foram exibidos na sequência por, pelo menos, umas quatro vezes. Foi uma forma da TBS “tentar reproduzir” o “formato Netflix” de exibir uma série na TV tradicional. Os 10 episódios da temporada já estão disponíveis no site do canal.

A série já está renovada para uma segunda temporada, o que deve deixar todo mundo por lá mais tranquilo. Digo isso porque, baseado no piloto que vimos, entendemos que essa renovação aconteceu muito mais por conta do grupo de amigos de WhatsApp formado por Steve Carell do que pela qualidade da série em si. Na verdade, ainda estou confuso sobre o que achar de tudo o que vi, e vou tentar descobrir qual é a minha real opinião sobre a série.

Angie Tribeca (Rashida Jones) é uma policial veterana de uma divisão fictícia do Departamento de Polícia de Los Angeles, a RHCU (Really Heinous Crimes Unit, algo como Unidade de Crimes Realmente Hediondos). Depois de dez anos de serviços prestados, Tribeca – que é uma mulher forte, independente e que todas as manhãs destrói os móveis da sua casa durante o seu treinamento – terá a desagradável sina de ter que trabalhar com um colega, Jay Geils (Hayes MacArthur), policial galã metido a bonitão mas meio burro.

Em resumo: a delegacia e nonsense, Tribeca é meio desajustada (mas leva o seu trabalho a sério), os casos são totalmente absurdos, e a cada episódio vamos ver como os dois vão utilizar do pouco QI, poucos recursos e muitas piadas cretinas para solucionar os crimes que os cercam.

Isso mesmo. Não tem muito para contar desse piloto.

angie-tribeca-tnt

Angie Tribeca é uma clássica comédia de situações absurdas, com eventos que jamais poderiam acontecer em um mundo minimamente sério. Eu até dei algumas risadas do piloto, porque confesso que gosto desse estilo de comédia “sem noção”, ou totalmente desprovida de senso de realidade (ou algum bom senso). Mas, mesmo assim, era de se esperar mais vindo de um cara que é considerado um dos melhores comediantes da atualidade, que é casado com um esposa que já escreveu para o Saturday Night Live e para o The Office.

Se Angie Tribeca tem um ponto muito positivo é aquele que destaquei mais acima nesse post: o grupo de amigos do Steve Carell no WhatsApp. A quantidade de participações especiais na primeira temporada é absurda, e com nomes de muito peso. Exemplos: Gary Cole, Lisa Kudrow, James Franco, Adam Scott, Sarah Chalke, Amy Smart, Davdi Koechner, Keegan-Michael Key, Bill Murray, Cecily Strong, Gene Simmons, Ryan Hansen e os pais de Rashida Jones, o produtor musical Quncy Jones (você sabia disso?) e Peggy Lipton. E eu só citei alguns nomes.

Só esse arsenal de grandes astros como elenco convidado já atrai uma excelente visibilidade para a série. Porém, mesmo entendendo qual foi a intenção de todos que escreveram e produziram a série, acredito que Angie Tribeca ficou sendo apenas aquela comédia besteirol que muita gente pode torcer o nariz.

Entre piadas que funcionam e outras que não funcionam, ficou aquele gosto meio amargo na boca, de uma série que talvez tenha sido renovada rápido demais, por conta da expectativa gerada antes da estreia (lembrando que essa renovação para a segunda temporada aconteceu antes da primeira ir ao ar). Talvez com muita boa vontade eu continue a assistir a série e, ainda assim, em um dia de maratona onde eu não tenha nada mais interessante para fazer, e que o desejo seja realmente ver uma comédia e não um drama.

E, mesmo assim, acredito que muita gente não vai conseguir rir com Angie Tribeca. Algumas piadas que são feitas de propósito, para seguir o estilo besteirol de comédias como “Corra Que A Polícia Vem Aí” podem parecer forçadas para um público mais exigente, que preferem piadas mais inteligentes e sofisticadas.

A segunda temporada de Angie Tribeca estreia nos Estados Unidos no dia 25 de janeiro, e terá um episódio por semana. Vamos esperar para ver se o seu desempenho junto ao público tradicional será satisfatório para garantir mais uma renovação.