the-walking-dead-rick-and-jessie

“Porque não há clima para sexo no meio de um apocalipse zumbi” é a nossa resposta (que, por sinal, é excelente), o que tornaria esse post desnecessário. Mas o TVLine fez a mesma pergunta do título desse texto para Scott M. Gimple, produtor-executivo de The Walking Dead (AMC). Que oficialmente confirma a nossa teoria.

Recapitulando: Rick perdeu a esposa lá atrás, na prisão. E o último marido de Jessie está mais interessado em esbofetear ela do que acariciá-la. Logo, os dois tem motivos de sobra para se pegarem, certo? Pois bem, na opinião de Gimple, tanto Rick como Jessie estão “menos interessados” no sexo, e mais interessados em não fazer sexo, já que eles passaram por “várias situações assustadoras, que fazem com que a mente deles fiquem voltadas para outras coisas”. Palavras de Gimple.

Além disso, não só Rick como todo o grupo de sobreviventes deixaram de lado confortos como camas, chuveiros e casas. Logo, se sentem estranhos em compartilhar momentos de prazer com alguém que se interessa quando encontram tais elementos. “Eles encontraram um lugar seguro em Alexandria, e mesmo assim, ainda é algo super estranho para eles, que tiveram que voltar a viver experiências tipicamente humanas – fisicamente, emocionalmente e sexualmente -, mas eles passaram por uma jornada tão longa, que eles não conseguem mais viver de forma plena como pessoas comuns. Há uma clara transição aqui”, completa Scott.

Porém, uma vez concluída essa tal transição, Rick e Jessie podem se pegar em The Walking Dead, certo?

Gimple dá pistas sobre isso, dizendo que “Vocês podem chamar de um interesse amoroso. Existe uma conexão entre eles em vários níveis. Mas Jessie tem a sua própria história, e o seu próprio arco. Rick é parte dele, mas Rick não é o arco em si”.

No fim, Gimple relembra que: “Tudo está relacionado com o quão desesperada ela está para ser uma sobrevivente capaz de proteger à ela mesma e sua família, mas ela não está procurando alguém que faça isso por ela”.