SDCC-logo-revised

Depois de quatro dias de atividades, a San Diego Comic-Con 2016 virou passado. E uma nova leva de produções cinematográficas e temporadas foram oficialmente apresentadas, elevando as expectativas dos fãs em geral. Porém, como em tudo que acontece nessa vida, temos vencedores e perdedores.

Quais foram eles? Onde podemos centrar a nossa atenção ou apostar nossas fichas? Vamos descobrir nesse post.

VENCEDOR: Wonder Woman/Mulher Maravilha

Um painel cheio de pressão e muito disputado. Iria ditar os rumos que a DC iria seguir depois do controverso Batman vs Superman: A Origem da Justiça, mas também provaria ao mundo que eles seriam capazes de produzir um filme de sucesso estrelado por uma super-heroína. Eles não tentam isso desde 2005 (Elektra).

Mas o trailer é poderoso, e os fãs gostaram. O trabalho da DC parece ser promissor, já que o filme chega a tempo do aniversário de 75 anos da Mulher Maravilha, acompanhado de selos comemorativos e outras ações comerciais.

PERDEDOR: Game of Thrones

É sempre um painel disputado, mas pouquíssimas informações novas foram reveladas sobre a sétima temporada (ninguém do elenco participou do painel). Ao menos os fãs tiveram um vídeo de erros de gravação. E nada mais.

 

PERDEDOR: O Rei Arthur: A Lenda da Espada

Dentre tantas coisas bacanas apresentadas pela Warner Bros na Comic-Con 2016, o projeto de Guy Ritchie destoou. Não ajudou o fato do protagonista Charlie Hunnam ser o único a estar no painel, e o trailer não ser muito bem recebido. Muito trabalho com câmeras GoPro que não empolgam muito.

 

VENCEDOR: The Walking Dead

O fim da sexta temporada teve um clifhanger que pode deixar pelo menos um membro do elenco fixo perto da cova. Com os ventos soprando para essa direção, a série entregou um trailer emocionalmente, empolgando os fãs. Além disso, informções relevantes sobre novos membros do elenco foram reveladas.

VENCEDOR: Marvel Studios

Uma apresentação que divertiu, revelou novidades e colocou os fãs em frenesi. Informações sobre Guardiões da Galáxia Vol. 2, um grande elenco vindo para o filme do Pantera Negra, um dia na vida de Peter Parker, um documentário hilário mostrando o que Thor estava fazendo durante Capitão América: Guerra Civil… É mais material que todos poderiam imaginar.

VENCEDOR: Marvel TV

A Marvel e a Netflix formaram uma dupla que foi ovacionada na Comic-Con 2016, com a renovação de Daredevil, promos de Luke Cage, Punho de Ferro e Os Defensores. Sem falar em Agents of SHIELD (com a ABC), que recrutou Gabriel Luna para interpretar o Motoqueiro Fantasma. No final de tudo um inesperado trailer de Legion (FX).

 

PERDEDOR: DC TV

Apesar do trailer da 3ª temporada de The Flash ser bem recebido, as novidades não foram tão bombásticas assim. Stephen Amell aparecerá em Legends of Tomorrow, Katie Cassidy, Wentoworth Miller e John Barrowman aparecerão em múltiplas séries da DC, e nem a chegada do Superman em Supergirl empolgou tanto. Ao menos Gotham (Fox) teve um painel bem disputado, mesmo sendo exilado dos demais.

 

PERDEDOR: Powerless (NBC)

Dois dias do preview ser exibido na Comic-Con 2016, a NBC reprisou o piloto. Apesar de ser bem recebido pelos críticos, o canal passou pela saia justa de ter seu painel esvaziado às pressas por conta do painel de American Gods (Starz) que começaria mais ou menos no mesmo horário.

 

PERDEDOR: MacGuyver (CBS)

Em uma temporada de reboots e remakes, a série tem a esperança de trazer o MacGuyver original (Richard Dean Anderson), com o objetivo de “honrar a série original”. Fora isso, nada da série foi exibido, já que todo o elenco está sendo trocado, e o piloto terá que ser regravado com um novo diretor.

 

VENCEDOR: Liga da Justiça

Aqui, a mensagem da Warner Bros e da DC Comics é bem clara: fãs, nós estamos ouvindo vocês. O trailer de Liga da Justiça mostra que eles são capazes de oferecer uma história interessante, em um pacote atraente, mas com poucos detalhes revelados. A verdade só deve aparecer em 2017, quando o filme chegar aos cinemas.

PERDEDOR: Batman: The Killing Joke

A animação adulta inspirada nos quadrinhos está cheia de controvérsias, quando temos como plano de fundo um plot mostrando um relacionamento sexual entre Batman e Batgirl. Além disso, vale o destaque para a boa performance de Mark Hammill como Coringa. Mas gerar barulho pela polêmica não é uma boa ideia necessariamente.

 

VENCEDOR: Mystery Science Theater 3000

Oito meses depois do início da campanha no Kickstarter para ressuscitar a série cult, o reboot está aprovado pela Netflix. De fato, a demanda pelo revival foi tão grande, que centenas de fãs esperaram pelo anúncio do reboot in loco na Comic-Con 2016.

VENCEDOR: Once Upon a Time

A série de contos de fadas vai introduzir na próxima temporada Aladdin, Jafar e Princesa Jasmine. Tudo o que os fãs querem.

 

VENCEDOR E PERDEDOR: Star Trek (CBS All Access)

A CBS tirou vantagem do painel comemorativo dos 50 anos da série clássica, revelou o título do reboot desenvolvido por Bryan Fuller (Star Trek: Disvovery), além de dar um preview da nova nave (USS Discovery). Tudo ia bem… até revelarem a hashtag da série – #STD -. Sem falar que esse painel foi eclipsado pelo evento de American Gods.