cancellation-shows-danger-photos-2

Passado o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos, o mundo das séries basicamente entra em recesso. Chegou a hora de dar uma olhada naquelas séries que estão correndo algum tipo de risco sério de cancelamento. E não é uma lista qualquer: temos aqui séries que são queridinhas de boa parte da audiência.

Essas séries começam 2016 com um alvo em suas costas. Podem ser executadas a qualquer momento, principalmente por conta da baixa audiência. Aproveite a área dos comentários para responder a pergunta: quais dessas séries você está mais preocupado que chegue ao fim no ano que vem?

 

Castle

Contra: a audiência da série está cada vez menor e mais envelhecida. E os novos acordos com Nathan Fillion e Stana Katic contam com números cada vez maiores.

A favor: Já ficamos preocupados com Castle antes, e a ABC seguiu renovando a série, para a alegria dos fãs.

 

The Vampire Diaries

Contra: A série passa por tempos difíceis. A audiência caiu desde que Nina Dobrev deixou o elenco, e em janeiro de 2016, ela será exibida nas noites de sexta-feira (também conhecida como “sala de espera do cancelamento”, ou “série entrando na UTI”).

A favor: É difícil de imaginar que a CW não dê para a série pelo menos uma temporada final, mesmo que seja mais curta.

 

The Originals

Contra: Em janeiro de 2016, segue o mesmo passo de sua série co-irmã, The Vampire Diaries, e será exibida no purgatório das noites de sexta-feira. E é de se imaginar que, se a CW vai salvar uma das duas séries, não será aquela que é menos popular, com menor audiência.

A favor: A estratégia da CW de colocar as duas séries nas noites de sexta-feira pode funcionar. Afinal, coisas estranhas acontecem em qualquer lugar do planeta.

 

Person of Interest

Contra: A renovação para a quinta temporada veio com um péssimo asterisco: uma encomenda de apenas 13 episódios. Significa que…

A favor: A quinta temporada da série ainda não estreou, então ainda existe a chance da audiência ser boa o suficiente para ser salva.

 

Reign

Contra: Perder as noites de sexta-feira para The Originals é uma péssima notícia. Fica pior quando a CW não diz quando a série vai voltar ao ar.

A favor: Nada.

 

Sleepy Hollow

Contra: Com a audiência abaixo da casa dos dois dígitos, a série também foi parar no purgatório das noites de sexta-feira, a partir de 2016.

A favor: Sleepy Hollow é uma das séries mais vistas da Fox no formato Live + 7 dias de DVRs. Ou seja, as pessoas estão vendo a série, mesmo que uma semana depois. Sem falar que, no mérito criativo da questão, a terceira temporada está melhor que a segunda.

 

True Detective

Contra: A primeira temporada foi muito aclamada, mas a segunda universalmente criticada. Além disso, no anúncio do novo acordo com o criador da série Nic Pizzolatto, a HBO se refere à terceira temporada de True Detective como “uma mera possibilidade”.

A favor: apesar das críticas, a audiência da série na segunda temporada foi excelente. E poucos acreditam que Pizzolatto vai querer encerrar esse capítulo de sua carreira com algo abaixo da crítica.

 

The Leftovers

Contra: A audiência da série é simplesmente horrorosa (nenhum episódio da segunda temporada chegou perto de romper a barreira dos 1 milhão de telespectadores).

A favor: é adorada pela crítica (a segunda temporada ainda mais que a primeira). E a HBO é conhecida por favorecer a qualidade do que a quantidade. Quem sabe algumas indicações nas premiações vindouras podem ajudar a série a se manter no ar?