Wubalubadubdub!

A série de animação Rick and Morty volta para a sua muito esperada terceira temporada, apresentando novamente o maluco universo criado por Justin Roiland e Dan Harmon.

A segunda temporada foi exibida em 2015, e de lá para cá, nada de notícias sobre novos episódios. No dia primeiro de abril estreou de surpresa o primeiro episódio da terceira temporada, o que levantou o clamor dos fãs para ver mais da série. Algo que aconteceu no dia 30 de julho.

Algumas das loucuras já vistas na série explicam a empolgação dos fãs. São vários os elementos que fazem de Rick and Morty uma série imprescindível, ou que justifica a ansiedade de muita gente.

A ideia aqui é fazer com que o grande público conheça um pouco da série, para saber com o que vai lidar, caso se interesse em ver. Ou o que está perdendo, já que está duas temporadas de fora dos paranauês.

 

 

Quando a programação de TV intergalática foi introduzida no universo de Rick and Morty, compreendemos que a série está fora de qualquer normal. A crítica aguda foi elevada a outro nível com esta irreverente, escatológica e louca programação.

 

 

Na série, vamos de um lado a outro do universo. Dimensões, universos paralelos, realidades alternativas e outros elementos são considerados parte do dia a dia dos episódios.

A estabilidade de cada lado deste multiverso sempre está no objetivo das aventuras dos anti-heróis protagonistas. Só uma parte de sua narrativa é fiel aos preceitos científicos. O restante é uma colagem de elos sem fundamento. E isso só deixa a série ainda mais divertida.

 

 

Os personagens que foram apresentados ao longo das duas primeiras temporadas da série são incríveis. Cada um deles é extremamente atraente, e com uma história mais surpreendente que a outra. A riqueza dos detalhes desses personagens é um dos fatores do sucesso da série.

 

 

Apesar de ser uma série de comédia (obscura e retorcida, mas é comédia), há muitos momentos com profundidade filosófica, existencial e emotiva em Rick and Morty.

Este é um dos fatores que enriquecem a história. O complexo Rick é um oportunista e vil, mas jamais falhou na hora de cuidar e proteger sua família.

Os demais personagens são igualmente muito bem elaborados, com bons e mas momentos.

 

 

Rick and Morty é uma série de difícil classificação. Pode ser uma animação para adultos, uma série de ficção científica, uma paródia, uma comédia satírica cheia de humor negro, uma comédia filosófica e existencialista, mas com várias referências de cultura pop e conceitos mais conhecidos da ciência… e tudo isso é pouco para explicar o que esta série pode oferecer.

Agora, com a terceira temporada em curso, depois de dois longos anos de espera, finalmente veremos como segue a história de nossos queridos e estranhos personagens. Vale lembrar que a série é exibida nos Estados Unidos no segmento Adult Swim, no Cartoon Network, e que as duas primeiras temporadas estão disponíveis na Netflix.