dunkirk

Quando Joshua Levine visitou os arquivos sonoros do Imperial War Museum de Londres, ele estava se tornando testemunha de um dos momentos mais essenciais da história da Europa na segunda metade do século XX.

Em uma recém iniciada Seguinda Guerra Mundial, um milagre na cidade francesa de Dunkirk mudou por completo o rumo do conflito, e animou o exército aliado que lutava contra Adolf Hitler e o Terceiro Reich.

Em 2010, Levine escutou os testemunhos de alguns dos soldados que sobreviveram na batalha. Agora, o diretor Christopher Nolan traduziu tudo isso em um filme, que estreia nessa semana.

Dunkirk mostra a chamada Operação Dínamo, que resgatou 338.872 combatentes, 215.787 britânicos e outros 123.095 belgas e franceses. Entre maio e junho de 1940, o resgate parecia algo inimaginável. Enquanto as tropas aliadas estavam presasna cidade da costa francesa, o exército nazista avançava por terra e pelo ar. O ataque foi imponente.

O resgate fez 200 tanques de guerra e 850 embarcações civis a chegar até os limites de Dunkirk para salvar a vida dos soldados. Todo tipo de navios decidiram cruzar as águas para evitar a morte das centenas de milhares de soldados no local.

 

 

O objetivo foi cumprido, e apesar da grande ofensiva alemã, muitos dos combatentes foram resgatados. O presidente britânico Winston Churchill qualificou a investida como um milagre, mas admitiu que “as guerras não se baseiam em evacuações”. Os soltados que não foram resgatados em Dunkirk estavam debilitados e foram aniquilados pelo exército nazista, e a Grã-Bretanha poderia ter sido derrotada logo no começo de uma guerra que duraria até 1945, sendo essa batalha crucial à luta do exército aliado.

Os eventos de Dunkirt mudaram a história, e Christopher Nolan quis dar ênfase a esse capítulo no filme. Para ele, Joshua Levine se transformou em seu acessor histórico e, depois de de escutar os testemunhos dos sobreviventes, podemos nos arriscar a dizer que a história ficou em boas mãos.

Levine publicou vários livros históricos sobre o tema, como Forgotten Voices of Dunkirk, Forgotten Voices of the Blitz and the Battle for Britain e Operation Fortitude.

Dunkirk é o décimo filme de Christopher Nolan, que foi o diretor da trilogia Batman com Christian Bale, Inception e Interstellar. Hans Zimmer é o responsável pela trila sonora, e o filme conta no elenco com Tom Hardy, Kenneth Branagh e Mark Rylance, entre outros. Com este filme, Nolan se baseia pela primeira vez em um fato histórico para a trama de um novo filme, diferente dos seus projetos anteriores.