revenge-season-3

Março está avançando… na primeira quinzena de maio, tudo tem que estar definido entre os principais canais de TV norte-americanos, e isso significa que o nosso amado “facão do cancelamento” está chegando. E é hora de você começar a se preocupar com aquela sua série tão amada que ainda não teve sua renovação anunciada.

Nas próximas semanas, os executivos dos cinco principais canais abertos dos EUA (Fox, ABC, CBS, NBC e… fazer o quê… CW) vão decidir o destino de mais de duas dezenas de séries. Nesse post, fazemos uma lista de nove séries que entendemos que estão seriamente ameaçadas, e que talvez (veja bem, eu disse TALVEZ) podem ser canceladas para a próxima temporada.

A lista inclui os prós e os contras de cada série, e lança uma questão muito simples:

– A sua casa está em chamas, e você só pode salvar uma série. Qual seria?

Lista a seguir.

 

 

NATHAN FILLION, STANA KATIC

Castle (ABC)

Contras: Castle não ultrapassa as barreiras dos 10 milhões na audiência geral, e a demo 18-49 anos de 2.0 desde a estreia da sétima temporada. Na atual temporada, registrou o seu recorde negativo (6.8 milhões/1.3) na estreia da segunda metade da temporada. Até o presente momento, a queda de audiência média é de 15% em relação à sexta temporada. Mas a baixa audiência é o menor dos problemas da série (acredite): os protagonistas Nathan Fillion e Stana Katic não contam com acordos fechados para uma hipotética oitava temporada.

Prós: A ABC quer uma nova temporada da série, possivelmente mais curta, e para encerrar a sua história.

 

CONNIE BRITTON, CHARLES ESTEN

Nashville (ABC)

Contras: Sua baixa audiência (que passa a ser um problema muito sério com o sucesso de Empire).

Prós: Mesmo com uma queda na média de audiência na temporada, e alcançando o seu recorde negativo (4.7 milhões/1.3) em 18 de fevereiro, a série só ganhou audiência desde então.

 

revenge-emily-video-featured

Revenge (ABC)

Contras: a série perdeu 35% de sua demo nessa temporada, e ficou abaixo dos 4 milhões de audiência geral (e demo 1.0) em Janeiro. E, vamos encarar os fatos: a série perdeu o seu foco completamente.

Prós: nas duas últimas semanas, Revenge ganhou audiência, ficando com uma demo de 1.1, e flertando com os 5 milhões de audiência geral. Se o season finale manter essa média (ou melhorar), quem sabe não temos a renovação?

 

NEIL FLYNN, PATRICIA HEATON, ATTICUS SHAFFER, CHARLIE MCDERMOTT

The Middle (ABC)

Contras: o contrato do elenco chega ao fim nesse semestre, e pelo menos um membro original está próximo de sair da série (Charlie McDermott, que está no piloto de Super Clyde, para a CBS).

Prós: a série ainda é um sucesso dos blocos de comédia das quartas da ABC. Sua média de audiência é muito próxima dos 7.8 milhões (demo de 2.1) da quinta temporada.

 

sleepyhollow_s2ep15_recap_dw

Sleepy Hollow (Fox)

Contras: a série sofreu uma grande queda de audiência nessa segunda temporada. A média foi de 4.6 milhões na audiência geral, com demo 18-49 anos de 1.7 (-35% na demo). Alcançou a sua mais baixa audiência (3.9 milhões/1.2) no dia 9 de fevereiro.

Prós: a Fox aposta que um novo showrunner pode revitalizar a série.

 

Bar-Be-Q Burritos

Hart of Dixie (CW)

Contras: todos que estão relacionados com a produção da série estão convencidos que a atual temporada será a última. E, de acordo com fontes próximas ao assunto, o season finale que já está gravado está com muita cara de series finale.

Prós: sua audiência é consistente (sempre em 1.2 milhão na geral, e 0.4 na demo). Pode não ser uma audiência espetacular, mas empata com a média da terceira temporada, além de serem similares ao que a já renovada Reign tipicamente oferece.

 

Ho'oilina (Legacy)

Hawaii Five-O (CBS)

Contras: é uma série com custos de produção elevados, e alguns rumores indicam que alguns integrantes do elenco não querem mais gravar a série.

Prós: nas últimas semanas, a série ou ganhou audiência ou pelo menos empatou com os números da estreia da temporada. No dia 30 de janeiro, a série obteve a sua melhor demo da atual temproada. E Hawaii Five-O rende uma boa grana para a CBS, através das reprises via syndication.

 

The Book of Shadows

CSI (CBS)

Contras: CSI registrou uma queda de 30% na sua demo em relação à temporada 14. Alcançou a mais baixa audiência da série nessa temporada (7.1 milhões/1.1).

Prós: talvez um sentimentalismo por parte de Nina Tassler e Les Moonves salve CSI do fim.

 

mindy-project-mixtape

The Mindy Project (Fox)

Contras: a NBC (e não a Fox) é a dona da série, o que não seria nenhum problema se The Mindy Project fosse um sucesso (já que ganharia dinheiro pela lei do menor esforço). Porém, a série está bem longe de ser um sucesso. E, convenhamos: jamais será um megahit.

Prós: The Mindy Project sempre foi uma série muito elogiada pela crítica especializada. Além disso, as chances de outro canal resgatar a série caso a Fox anuncie o cancelamento são consideráveis.