NBC

 

A NBC aposta na estabilidade com a volta da marca “Must-See TV” nas noites de quinta de sua grade.

Bob Greenblatt, CEO da NBC (que mais uma vez venceu na média da temporada da demo 18-49 anos), observa o fenômeno dos retornos, com uma necessidade de oferecer histórias novas, mas com a dificuldade em obter números consistentes.

A ideia de Greenblatt é sim oferecer mais séries originais e menos reboots e remakes, mas ele quer pensar mais em uma temporada de 52 semanas, e não em algo que começa em agosto de um ano e termina em maio de outro ano.

Pensando na tal sustentabilidade, This Is Us será exibida nas noite de quinta, e o conceito “Must-See TV” deixa de ser focado nas sitcoms para apostar na ideia de “séries que você precisa ver de qualquer maneira na primeira exibição”.

Com isso, o muito esperado revival de Will & Grace abre as noites de quinta, seguida por Great News, nova série produzida por Tina Fey que, por sinal, vai dar as caras na série várias vezes.

Já This Is Us, além da mudança de dia e horário, será a série pós Super Bowl LII, além de poder receber um episódio especial de natal (em desenvolvimento).

E isso porque não falei da limited series focada em Law & Order.

Convenhamos: é uma grade bem forte.

Os executivos da NBC também comentaram a morte e ressurreição de Timeless, afirmando que o principal problema aqui era a formação da grade de programação. Eles decidiram então cancelar a série, mas ouviram os pedidos dos fãs, e então procuraram uma forma de trazer a série de volta.

Séries como The Carmichael Show, Marlon, Midnight Texas, Chicago Justice e Trial & Erros ainda estão com futuro incerto, mas a NBC quer dar destaque para as séries roteirizadas na summer season, que pode ser o destino final de Timeless.

Por fim, sobre American Idol… Greenblatt reconhece a derrota, admitindo que queria uma franquia incrível como Idol, mas vai manter The Voice como prioridade nos realitys do canal.