netflix-offline

 

Ted Sarandos, chefe de conteúdo da Netflix, confirmou que o recurso de visualização do conteúdo da plataforma de streaming sem conexão à internet existe, e que chegará em breve.

Porém, nos Estados Unidos e outros mercados onde a internet possui maior velocidade, o recurso está inicialmente descartado.

 

Downloads e acesso offline de conteúdo apenas para os mercados emergentes

 

caneca-eu-amo-a-netflix

 

Sarandos mencionou que esse novo modelo de negócio da Netflix é pensado inicialmente nos mercados emergentes, onde a cultura do download está mais arraigada por conta das baixas velocidades de conexão.

Com essa função, a empresa busca ampliar o seu alcance e chegar aos usuários que não podem desfrutar do conteúdo por conta da baixa velocidade de conexão.

Hoje, a Netflix está presente em 190 países, e a sua ferramenta de medição de velocidade Fast.com permitiu ver os diferentes níveis de velocidade de banda larga e acesso WiFi, o que aumentam as chances do recurso ser um sucesso como eles imaginam.

Por enquanto, os rumores informam que o modo offline da Netflix vai permitir o download de determinados conteúdos em alguns dispositivos registrados (com um limite). O conteúdo terá uma prazo para ser visualizado, e o usuário terá que se conectar à internet com certa regularidade para indicar a atividade da conta, permitindo o download de novo conteúdo para visualização offline.

Será interessante ver essa nova função em detalhes. Provavelmente o conteúdo a ser baixado estará na resolução SD ou 720p, no máximo.