mischa-barton

A atriz Mischa Barton divide opiniões. Algumas pessoas a colocam em um altar, enquanto que outras querem que ela queime eternamente no óleo fervente do caldeirão do Tinhoso. Bem, a notícia a seguir é mais um incentivo para que as opiniões continuem se dividindo em relação à intérprete de Marissa Cooper em The O.C.

Questionada pelo US Weekly sobre uma possível reunião com o elenco da série da Fox, Barton disse: “você sabe – nunca diga nunca -, mas eu acho que as coisas aconteceram da maneira correta, e isso (uma reunião) não parece certo. Você não pode dizer que se sente de uma forma ou de outra sobre algumas coisas, mas antes de The O.C. eu estava no caminho de fazer grandes filmes, e uma coisa acontece, e então eu tenho essa grande projeção por causa dessa série. É o que é, mas eu não me vejo sendo sugada para o centro das atenções novamente”.

Barton completa admitindo que não sente muita empatia pelos seus ex-colegas de elenco, e reforçou que está trabalhando muito no momento (e fora de Los Angeles): “eu sei que Ben (McKenzie) e Rachel (Bilson) estão trabalhando em séries aqui”, completa.

A ideia da reunião de The O.C. veio do criador da série, Josh Schwartz, que afirmou ao TVGuide.com que os produtores gostariam de reunir o elenco para comemorar os dez anos da série. Porém, eles queriam que todos participassem, e que os membros do elenco quisessem participar disso.

Vale lembrar que Barton saiu da série após a morte de sua personagem no final da terceira temporada, e que recentemente os atores Adam Brody (Seth Cohen) e Tate Donovan (Jimmy Cooper) afirmaram em entrevistas que o clima entre os membros do elenco principal era péssimo, com Cohen dizendo que detestava Mischa Barton.

Talvez tais declarações tenham “incentivado” a recusa de Mischa Barton. E até mesmo o esquecimento que ex-colegas de elenco estão em séries com relativa visibilidade.

Via