Mark Burnett promete um Emmy Awards “além dos limites” na FOX. O produtor executivo da premiação desse ano vai aproveitar da reputação mais “ousada” do canal, e de poder utilizar alguém como Jane Lynch como host para arriscar um pouco mais no evento desse ano.

Burnett também produziu o MTV Movie Awars e o People Choice Awards nesse ano, e é mais conhecido por produzir um dos reality-shows mais populares dos Estados Unidos, Survivor (CBS). “Na MTV, você pode saltar do precipício. Na FOX, você pode ir além”. Burnett, Lynch e o CEO da Academia das Ciências e Artes Televisivas John Shaffner não revelam nenhum detalhe sobre o que eles planejam apresentar na transmissão do dia 18 de setembro, mas Lynch deu a dica que Sue Sylvester não vai aparecer tanto quanto os fãs imaginam.

“Provavelmente Sue vai deixar a sua roupa nos camarins da Paramount”, diz Lynch. “Se houver algum espaço par Sue, será algo muito pequeno”, completa Burnett. Lynch também diz que está ansiosa com o número musical de abertura do Emmy. Ano passado, ela participou da abertura, colaborando com Jimmy Fallon em “Born to Run”.

Já Burnett está preocupado em criar um show que seja “irreverente e divertido”, mas sem enfiar o dedo no olho (escolha você qual deles) de Hollywood, como fez Ricky Gervais na última edição do Globo de Ouro. Apesar do próprio Burnett ter declarado que riu várias vezes durante o Globo de Ouro das piadas ácidas de Gervais.

Por fim, Burnett também promete inovar no In Memorian, momento onde lembramos daqueles que se foram durante o ano. Ele disse que o In Memorian não precisa ser uma chatice, e sim uma celebração daqueles que se foram. Burnett promete algo diferente nesse ano, com alguns toque de humor. É esperar para ver.

via Hollywood Reporter