community-danny-pudi.jpg

Maio é um dos meses mais movimentados do ano, e você nem se dá conta disso. Vejamos: dia das mães, casamentos a dar com pau (dar com pau depois do casamento, se é que vocês me entendem…), final da UEFA Champions League, as 500 Milhas de Indianápolis, os playoffs da NBA e da NHL, os finais de temporada na TV dos Estados Unidos e a limpeza que esses mesmos canais fazem nas suas grades. Muito bem, vamos nos focar nos dois últimos temas listados para produzir esse post.

Uma temporada de uma série regular dura entre agosto de um ano até maio do outro ano, contando pausas de feriados, pausas programadas e a Mid-Season. Esse período pode variar para algumas séries, uma vez que alguns canais decidiram adotar a estratégia de encomendar apenas meia temporada de uma determinada produção. Seja como for, depois desse período, só existem dois destinos para a produção: a renovação ou o cancelamento. Ou no caso de Community, ela é renovada, mas sofre um atraso de quatro meses para estrear nos Estados Unidos.

Nesse final de temporada, poucas coisas precisam ser definidas em termos de renovação em cancelamento. O canal onde as maiores dúvidas pairam é justamente o “canal do pavão”. Já falamos disso algumas vezes aqui no blog: a NBC não sabe o que vai fazer com suas comédias. A situação dos seus dramas está praticamente definida, só restando jogar a última pá de cal em Smash. No caso das comédias, nenhuma que está no ar nesse momento tem confirmação de renovação e cancelamento. A expectativa é que a maioria simplesmente desapareça da grade, já que são lanternas na audiência. Espero que a partir da próxima semana, a NBC se decida sobre o que vai fazer da vida.

A CBS é o oposto da NBC em tudo, inclusive nas suas definições. As poucas dúvidas estão em CSI: NY, Vegas e Golden Boy, que não contam com uma definição sobre o seu futuro. Das comédias, a única que oficialmente não foi renovada (Rules of Engagement) deve mesmo ser cancelada ao chegar no episódio #100.

A ABC também tem pouco o que renovar ou cancelar. Dos dramas novos, Nashville deve ser renovada, mesmo com as dúvidas que pairam sobre a série em termos de audiência. Outro mistério a ser respondido é o destino de algumas comédias, como Malibu Country, The Neighbors e How to Live With Your Parents. As duas últimas dependem apenas do desempenho de retenção de audiência em relação à Modern Family. Aquela que conseguir segurar mais público, sobrevive.

A Fox também está com sua vida praticamente resolvida. Tudo o que tinha que ser renovado já foi, só restando saber o que eles vão fazer com Touch, que sofre na audiência nas noites de sexta-feira. Particularmente, eu liberaria Kiefer Sutherland para que o filme (que já é quase um “Chinese Democracy” do cinema) de 24 Horas finalmente saísse do papel. Até porque a série de Tim Kring não dá essa audiência toda.

Por fim, temos a CW, que parece só ter uma dúvida: Nikita ou The Carrie Diaries? Uma delas certamente será cancelada, se não forem as duas. Explico: nada contra uma ou outra produção, mas a CW já renovou mais da metade de suas séries, e precisa estrear novas produções. Como a CW exibe hoje 10 séries de 45 minutos, e já renovou seis delas, não creio que as duas produções vão sobreviver para que o canal estreie apenas duas novas produções na próxima temporada. Além disso, a audiência das duas não ajudam no processo de renovação.

Se não bastasse tudo isso que você acabou de ler, temos ainda o período de finais de temporada. As principais produções que estão no ar hoje terão os seus season finales ou series finales nesse mês de maio. A exceção é The Voice US, que só termina a sua temporada em junho. Logo, comece a reservar o seu pouco tempo livre para se revezar entre as produções que você quer assistir, e os blogs e sites que você normalmente se informa sobre o estado dessas séries.

De qualquer forma, prepare-se. Maio chegou, e não tem como fugir desse mês.